A sequência de 26 vitórias consecutivas da T1 ao longo da temporada chega ao fim após a derrota para a G2 Esports na abertura do MSI Rumble.

Após uma temporada invicta, a sequência de vitorias da T1 chega ao fim após ser derrotada para a G2 no MSI 2022. Ambas equipes se enfrentaram na abertura do MSI Rumble e precisavam vencer para continuar invictas. Enquanto a G2 ainda não havia perdido em 20 jogos, a T1 não havia perdido em 26. Portanto, perder para a G2 marca sua primeira derrota oficial em uma série profissional de League of Legends em 2022.

Os campeões da LCK (Coreia do Sul) começaram sua sequência na Spring Split 2022 com um recorde de 18-0 na temporada regular. Mesmo tendo perdido sete jogos, eles não perderam nenhuma série. A equipe passou pelos playoffs da Spring com um vitória por 3-1 contra o Gen.G nas finais.

A T1 entrou no MSI 2022 como favorita para liderar seu grupo e vencer todo o MSI 2022. Certamente correspondeu às expectativas na fase de grupos com vitórias dominantes contra todas as equipes enfrentadas e um recorde de 6-0.

Como a T1 perdeu sua sequência de vitórias contra a G2 na abertura do MSI

A T1 deu o pontapé inicial na abertura do MSI Rumble contra a G2 começando bem na bot lane. Enquanto eles foram para uma composição de split push, a G2 ficou com uma composição de luta em equipe Yasuo-Diana.

Além disso, a T1 matou Raphaël “Targamas” Crabbé cedo e manteve uma liderança estável de 2.00 gold. Eles ampliaram sua liderança em ouro em apenas 11 minutos com um avanço do Rift Herald na bot lane. A equipe continuou aumentando sua liderança quando a Tristana de Lee “Gumayusi” Min-hyeong destruiu rapidamente as torres da G2.

No entanto, a estratégia de luta em equipe da G2 provou ser a resposta perfeita contra a T1, pois eles finalmente encontraram a luta que precisavam aos 26 minutos. A decisão da T1 de reengajar no Barão foi cara, já que a G2 imediatamente se virou contra eles e pegou o barão. Com o buff do barão, a G2 nivelou o ouro e derrubou várias torres e uma torre inibidora. A G2 ampliou sua recém obtida liderança com outra vitória de luta em equipe no barão e garantiu seu terceiro dragão. Eles fecharam o jogo após um cerco bem-sucedido à base da T1 aos 39 minutos.

Mesmo que a G2 parecesse instável no começo do jogo, eles mantiveram sua composição de luta em equipe e acabaram com a T1 no final.

Atingimos eles com o meta da UE, muito daquilo que eles não viram na Coreia. Muitas das escolhas era muito comuns na UE, mas não na Coreia, então meio que os pegou desprevenidos. Sabíamos que poderíamos estabilizar o jogo e seríamos muitos bons no 5v5.

Rasmus “Caps” Winther na entrevista pós-jogo

Enquanto a T1 perde sua invencibilidade, eles ainda têm vários jogos para disputar na fase Rumble do MSI 2022 e tentarão se recuperar. Eles enfrentam a PSG Talon na última partida do primeiro dia do Rumble.

Fique ligado no Esports.gg para as últimas notícias e atualizações sobre League of Legends.

Traduzido por: Giuseppe Carrino

Filed Under
Rashidat Jimoh -

Rashidat Jimoh

| Twitter: @Rashidatjay

Rashidat Jimoh is a freelance esports writer with over two years of experience covering FIFA, R6 Siege, mobile games and general industry content. She loves to play FIFA and also spends time on Free Fire and Wild Rift