Segundo o site MGG, a decisão teria sido motivada por problemas financeiros 

A Rensga irá dispensar parte do seu elenco que vinha disputando a segunda etapa do CBLOL 2022. Segundo o site MGG, somente o atirador Yudi “NinjaKiwi” Miyashiro irá permanecer no time principal. Dessa forma, Shin “Trap” Seong-min (topo), Gustavo “Minerva” Alves (caçador), Bruno “Goku” Miyagushi (meio) e Kim “Mocha” Tae-gyeom (suporte) deixariam a equipe.

O MGG informa que a decisão teria sido motivada por problemas financeiros da Rensga. Segundo o site, o BitPreço, principal patrocinador da organização, sofreu com a baixa no mercado de criptomoedas e isso afetou diretamente o faturamento da empresa.*

Ainda segundo o MGG, os jogadores do academy da Rensga iriam assumir no time principal e outros atletas seriam contratados para disputar o torneio de base. Na próxima semana do CBLOL, Trap e Mocha devem fazer suas últimas partidas vestindo a camisa da organização. Já Minerva e Goku escolheram se desligar da equipe nesta semana e, por isso, não vão disputar o campeonato nas próximas rodadas.

Resposta da Rensga

A Rensga divulgou um comunicado para a imprensa em que confirma que haverá reformulações no time de League of Legends, mas não informou quais são os jogadores que irão deixar o time. A organização informa que novos jogadores devem ser anunciados em breve e que o movimento faz parte de um reestruturação que envolve a chegada de novos investidores e o desenvolvimento de novos projetos.

“A Rensga é uma marca forte e, mesmo jovem, posiciona-se com credibilidade em um mercado que, além de permitir diversas possibilidades de inovação e novos negócios, está em franco desenvolvimento. Temos uma marca já consolidada e extremamente simpática nos esports e entretenimento. Desta forma, queremos ampliar a atuação da companhia para nichos que margeiam os games e que interessam também aos nossos investidores e patrocinadores”.

João Sobreira, CEO da Rensga

Atualmente, a Rensga ocupa a lanterna da tabela na segunda etapa do CBLOL 2022. A equipe não fez um bom começo na competição, mas havia conseguido sua primeira vitória contra a FURIA, time que estava invicto desde o começo do campeonato.

[*] Atualização: Em comunicado, a BitPreço rebateu as informações de que estariam passando por dificuldades financeiras. A empresa afirma que o contrato de patrocínio com a Rensga tem data de término em 30 de junho e que as partes estão ponderando se renovarão ou não. A BitPreço também diz que a relação entre a mudança do elenco da Rensga e supostas dificuldades financeiras é puramente especulativa.

Fique ligado no esports.gg para as últimas notícias e atualizações de League of Legends.

Filed Under
João Vitor Costa -

João Vitor Costa

| Twitter: @Nenaojao

Estudante de jornalismo. Começou recentemente na cobertura de esports e é especializado em League of Legends. Também se aventura no Wild Rift, Valorant e Legends of Runeterra.