O ex-caçador dos Cowboys falou sobre o processo de saída do time em live nesta terça-feira (28)

Esta semana, foi revelado que a Rensga irá fazer uma reformulação no seu elenco de League of Legends. Uma das peças que deixou o time, foi Gustavo “Minerva” Alves, que atuava como caçador dos Cowboys. O jogador revelou detalhes de bastidores da equipe e como foi o processo de deixar a organização.

“Desde a segunda semana, eu queria ‘quitar’ (sair). Eu falei para minha comissão técnica ‘olha, quero sair’, conversei com meu manager, porque eu queria sair, e mandei mensagem para a direção da Rensga pedindo uma reunião. Na segunda semana de treino, a gente não tinha nem começado o CBLOL ainda, eu já queria sair.”

Minerva

Depois de informar a Rensga que gostaria de deixar a organização, Minerva conta que o time apresentou uma proposta de reformulação em que ele e Yudi “NinjaKiwi” Miyashiro fariam parte. No entanto, os nomes apresentados para compor o restante do elenco não agradaram Minerva.

Segundo o site MGG, a Rensga irá promover parte do seu time academy para a equipe principal, assim, outros atletas seriam contratados para disputar o torneio de base. Na próxima semana do CBLOL,  Shin “Trap” Seong-min (topo) e Kim “Mocha” Tae-gyeom (suporte) devem fazer suas últimas partidas vestindo a camisa da organização. Já Minerva e Bruno “Goku” Miyagushi (meio) escolheram se desligar da equipe nesta semana e, por isso, não vão disputar o campeonato nas próximas rodadas.

Resposta da Rensga

A Rensga divulgou um comunicado para a imprensa em que confirma que haverá reformulações no time de League of Legends, mas não informou quais são os jogadores que irão deixar o time. A organização informa que novos jogadores devem ser anunciados em breve e que o movimento faz parte de um reestruturação que envolve a chegada de novos investidores e o desenvolvimento de novos projetos.

“A Rensga é uma marca forte e, mesmo jovem, posiciona-se com credibilidade em um mercado que, além de permitir diversas possibilidades de inovação e novos negócios, está em franco desenvolvimento. Temos uma marca já consolidada e extremamente simpática nos esports e entretenimento. Desta forma, queremos ampliar a atuação da companhia para nichos que margeiam os games e que interessam também aos nossos investidores e patrocinadores”.

João Sobreira, CEO da Rensga

Atualmente, a Rensga ocupa a lanterna da tabela na segunda etapa do CBLOL 2022. A equipe não fez um bom começo na competição, mas havia conseguido sua primeira vitória contra a FURIA, time que estava invicto desde o começo do campeonato.

Fique ligado no esports.gg para as últimas notícias e atualizações de League of Legends.

João Vitor Costa -

João Vitor Costa

| Twitter: @Nenaojao

Estudante de jornalismo. Começou recentemente na cobertura de esports e é especializado em League of Legends. Também se aventura no Wild Rift, Valorant e Legends of Runeterra.