Todos os próximos eventos da PGL em 2022 exigirão que jogadores, funcionários e participantes estejam totalmente vacinados.

Caso você seja um fã dos eventos de esports da PGL e espera visitar um evento no ano que vem, a vacinação completa será obrigatória, de acordo com o CEO e fundador da PGL, Silviu Stroie.

“Acredito firmemente que a única maneira de trazer de volta os grandes eventos de esports em LAN é exigir a vacinação completa dos jogadores presentes, talentos e espectadores. Isso será um requisito para todos os próximos eventos da PGL em 2022,” disse Stroie no Twitter.

Sua postagem chega um dia após a Valve anunciar em 16 de setembro que o The International 10 na Romênia terá público, mas que todos os participantes devem usar máscaras e ter uma prova de que estão totalmente vacinados.

O TI10 da Valve foi originalmente planejado para ser realizado em Estocolmo em agosto, mas foi remarcado para outubro e transferido para Bucareste para evitar problemas de visto. Enquanto isso em League of Legends, o World Championship 2021 foi transferido da China para a Islândia.

Incorporar um público em eventos de esports ao vivo tornou-se uma luta, não apenas no Dota 2. O PGL Major de CS:GO em Estocolmo, programado para acontecer de 4 a 7 de novembro, ficou cercado de incertezas por vários meses. Felizmente, as mudanças recentes na legislação sueca a respeito de aglomerações permitiram que o evento acontecesse sem uma mudança de local.

Hoje cedo, dia 17 de setembro, a PGL Esports também confirmou que a PGL Major de Estocolmo terá público e cumprirá as “regulamentações governamentais da Suécia”.

“Eu também acho que alguns países começarão a receber tratamento preferencial, com base nas regulamentações locais em torno do reconhecimento de vacinas, oferecendo vacinas a jogadores / talentos, apoio para emissão rápida de vistos, etc.”

Silviu Stroie, CEO da PGL ESPORTS

Restrições nacionais desempenham um papel importante não apenas para a PGL Esports

As restrições e requisitos nacionais como resultado da pandemia provavelmente desempenharão um papel importante no local onde os eventos LAN ocorrerão em 2022 e possivelmente depois. Este foi um ponto mencionado pelo CEO da PGL, Silviu Stroie, nas redes sociais.

“Eu também acho que alguns países começarão a receber tratamento preferencial, com base nas regulamentações locais em torno do reconhecimento de vacinas, oferecendo vacinas a jogadores / talentos, apoio para emissão rápida de vistos, etc,” completou Silviu Stroie no LinkedIn.

pgl esports
Major de Kuala Lumpur: PGL tem sediado eventos em todo o mundo ao longo dos anos (Foto: PGL)

É quase certo que não é a última vez que ouvimos falar de eventos de esports sendo adiados ou transferidos, mas a prova de vacinação pode estar a caminho de se tornar a norma se você quiser participar de um evento. PGL Esports são os primeiros a confirmar isso como um requisito para seus eventos em 2022, mas outros podem vir a seguir essa linha. Manteremos vocês atualizados sobre quaisquer novidades a respeito disso.

Traduzido por: Giuseppe Carrino

Lawrence

Lawrence "Malystryx" Phillips

Director of Content | Twitter: @MalystryxGDS | Twitch: MalyPlays

Malystryx is Editor-in-Chief/Managing Editor at Esports.gg. and a veteran esports journalist, content creator and personality. He has been involved in the esports scene since 2004 and has worked with many different organizers and portals, including SK Gaming, ESL, Dexerto, GINXTV, Razer and Monster Energy. Malystryx was also a broadcast talent on Valve's Dota 2 Pro Circuit over the last few years, creating on-site video content for PGL and Starladder. In his spare time he streams on Twitch as MalyPlays.