Cavalaria volta a brigar pela classificação para a grande final, mas fica devendo Booyah. Peuzada fala sobre o desempenho da equipe em entrevista

A décima rodada da LBFF foi marcada pelo equilíbrio. Com exceção da paiN Gaming, que somou apenas 24 pontos, apenas 25 separaram Team Liquid e Nitroxx Top10, segunda pior equipe do dia. O equilíbrio tem sido a marca do split e mostra que o cenário nacional continua em alta, mesmo sem o título mundial.

Fluxo inspirado e Intrépidos finalizam o dia de forma incrível

Os atuais campeões da LBFF chegaram inspirados na décima rodada. Com a segunda melhor pontuação do dia, o Fluxo conseguiu a dobradinha, vencendo em Bermuda e Purgatório, e somou 59 pontos – segunda melhor marca do dia. Depois de um desempenho questionável na nona rodada, a equipe de Nobru encontrou seu jogo para assumir a 6º colocação na tabela e contou com grande desempenho de Syaz, que anotou 12 eliminações.

O jogador do Fluxo só não liderou em abates no dia por conta da brilhante atuação de Italo, da INTZ, que somou 11 eliminações na queda que finalizou a rodada. Os Intrépidos tiveram um desempenho perfeito em Bermuda, com 16 abates, e guardaram toda a emoção para o final.

Com um excelente posicionamento na parte superior de Factory, a equipe eliminou um a um seus adversários e venceu no apagar das luzes, assistindo seus inimigos caírem para o gás. Além disso, a marca de Italo iguala o recorde de eliminações em uma única queda na história da LBFF, pertencente a Lost21 – o jogador da Meta Gaming havia conseguido a marca na Grande Final da LBFF 4.

Cavalaria chega ao milésimo abate, mas continua zerada em Booyahs

Mas a rodada 10 tem dono. A Team Liquid teve um desempenho consistente durante todo o sábado e somou 67 pontos, sendo 25 de abates. O primeiro deles foi também o milésimo da Cavalaria em disputas de LBFF – Boss foi o responsável por escrever o nome da equipe na história da competição.

A marca vem uma semana após a LOUD conseguir o feito e também aconteceu em Kalahari, na segunda queda do dia.

TL Peuzada – Foto: Bruno Alvares & Jéssica Liar / Garena

Ainda assim, a Cavalaria bateu na trave por três vezes consecutivas e não conseguiu o tão esperado Booyah – o jejum já dura 12 rodadas se considerarmos a LBFF 4. Após a transmissão, o jogador Peuzada concedeu entrevista e falou sobre o desempenho da equipe e a busca pelo Booyah.

O que está faltando para o Booyah da Team Liquid?

TL Peuzada: A gente está com muito azar. Conseguimos 3 ou 4 segundos lugares e, mesmo estando com a partida ganha, perdíamos a queda.

O desempenho da Team Liquid estava um pouco abaixo do esperado até a rodada de hoje. Hoje vocês se destacaram. O que mudou?

TL Peuzada: Mudamos nosso estilo de jogo e começamos a aproveitar melhor o uso das granadas. Mudamos nossa postura. Gostávamos muito de rushar e trocar tiros, começamos a buscar mais a safe, priorizando trocas dentro delas, o que ajudou bastante no dia de hoje.

Hoje vocês bateram na trave três vezes. Rola uma cobrança, um peso a mais? Vai ter treinamento de endgame pra semana que vem? Vocês têm muita experiência, é a equipe que menos fez mudanças no elenco desde a LBFF 1. Existe essa cobrança interna ou o time está feliz com o desempenho?

TL Peuzada: Tem que ter essa cobrança interna sim, tem que ter. Independente disso, a gente foi bem nas partidas, mas pecamos no final. Praticamente entregamos duas partidas e isso não é o ideal. Vamos tentar melhorar mais e mais para conseguir a vaga na Grande Final.

Hoje vocês tiveram o melhor desempenho da equipe em uma única rodada dessaa temporada. Até onde você acha que o dia exemplar que vocês tiveram hoje vai ajudar vocês a seguirem nessa LBFF 5?

TL Peuzada: Acho que o dia de hoje foi bom pra elevar a confiança do time. Nosso time é muito confiante. Até mesmo nos maus momentos buscamos trocações e melhores resultados. Mas estava dando errado. Essa semana fomos bem, estamos treinando e segunda-feira voltaremos preparados pra entrar de vez na disputa.

O que você acha que o time precisa melhorar?

TL Peuzada: Não existe um erro que temos que apontar, acho que a precisamos melhorar tudo. Precisamos melhorar trocações, nosso endgame, precisamos e queremos melhorar tudo. Nunca estamos acomodados.

A LBFF volta no próximo domingo (04) e você pode acompanhar as transmissões ao vivo nos canais oficiais de Free Fire no YouTube e na BOOYAH!

Fique ligado no esports.gg para mais notícias e novidades sobre Free Fire.