Vivo Keyd faz um belo jogo na estreia no Champions de VALORANT.

Numa série de tirar o folego, a Vivo Keyd superou a ACEND por 2×1 e se aproxima dos playoffs. A equipe chegou ao Champions 2021 reforçada, uma vez que trouxe mwzera, que estava jogando pela Gamelanders Blue, por empréstimo. Confira os detalhes dos três mapas que acabaram em vitória brasileira.

Primeiro mapa – Icebox

Como escolha da Vivo Keyd, veio a Icebox para começar o confronto entre as duas equipes. O mapa é bem característico nas partidas nacionais. Isso porque as equipes do Brasil possuem um bom domínio do meta na Icebox, com estratégias bem diversas. E foi exatamente isso que a Vivo Keyd mostrou.

Na primeira metade, a Vivo Keyd jogou bastante solta, com um ótimo trabalho de equipe. Inclusive, uma dúvida que muitos tinham era sobre como o mwzera iria se encaixar no time. O jogador, que chegou por empréstimo, veio para cumprir a função de Iniciador, jogando de Sova e Skye e caiu como uma luva.

A Vivo Keyd chegou abrir um 4-0, mas a ACEND começou a responder em pé de igualdade. No final, tivemos um empate, mas com um gosto amargo para os torcedores brasileiros. Porém, tudo começou a mudar na virada de lados. A VK saiu da defesa e começou a jogar no seu lado mais forte, o ataque.

No ataque, a Vivo Keyd perdeu o pistol e o round seguinte, o forçado. Então, depois de tomar esse dois pontinhos, o Brasil começou a respirar aliviado. Isso porque a VK emplacou seis rodadas seguidas, massacrando totalmente os europeus da ACEND. O mapa terminou em 13-9 e a Vivo Keyd saiu na vantagem.

Destaque para o duelista da Vivo Keyd, heat, que fez um estrago com a sua Jett.

Segundo mapa – Bind

Bind é o mapa mais forte da ACEND. A equipe já demonstrou um domínio no mapa, tanto que conseguiram vencer a Gambit Esports por 13-0, durante o Red Bull Home Ground em uma Bind. Logo, era esperado que a Vivo Keyd não tivesse uma vida tranquila no mapa.

Dito e feito. A ACEND, que começou no ataque, mostrou a sua maestria no mapa. Toda a sua composição era voltada para plantar e proteger a spike e, quanto estavam defendendo, proteger áreas. Na primeira metade, os europeus conseguiram fazer muitos pontos de vantagem, e terminaram vencendo em 9-3.

Quando os lados viraram, os brasileiros não conseguiram conter a fortaleza que a ACEND havia montado. Assim, rapidamente o mapa acabou num 13-3. Destaque para o duelista zeek, que utilizou uma Raze forte e dominante.

Terceiro mapa – Breeze

O terceiro e último mapa foi a Breeze, o tão temido mapa para a defesa. Sim, a Breeze é conhecida por ser um mapa muito forte no ataque. Bombs largos, muitas entradas e poucas saídas para os defensores fazem do mapa o terror das defesas dos times que jogam nele.

Logo, com a Vivo Keyd jogando no ataque, os brasileiros viram uma Vivo Keyd tranquila, impondo um bom ritmo de jogo. O inicio foi forte e mesmo depois de tomar três rounds seguidos, a VK continuou firme e fechou a primeira metade em 8-4.

Quando os lados viraram, o trio da transmissão oficial, Coreano, Tixinha e Bida, haviam dito que, caso a VK ganhasse os rounds pistols, meio mundo estaria encaminhado. Para a alegria brasileira, foi exatamente isso que aconteceu! A Vivo Keyd conseguiu fazer o seu décimo ponto e rapidamente chegou ao match point.

Depois de cometer pequenos deslizes, numa jogada fenomenal, a Vivo Keyd neutralizou a ACEND e conseguiu fechar o mapa. 13-8 para o Brasil, que conseguiu superar mais uma barreira e, agora, tem mais uma equipe nas finais da chave superior.

O destaque, sem nenhuma surpresa, foi novamente para o heat, que conseguiu fazer excelentes jogadas com a sua Jett.

Vivo Keyd a um passo dos playoffs

Com esse resultado, a Vivo Keyd está a apenas uma partida dos playoffs, junto dos seus companheiros da Team Vikings. A FURIA, infelizmente, apesar da boa performance, assustando muito a Sentinels, não conseguiu chegar na vitória.

Aliás, na última quinta-feira (2), o Twitter da ACEND publicou uma mensagem enigmática para os brasileiros.

“Talvez o Brasil precise de mais vagas no próximo ano” pode ser uma forma de dizer que a região ainda está longe dos playoffs. Porém, muitos entenderam como uma provação por termos um número de vagas em igualdade de regiões consideradas fortes.

Dessa forama, o gosto da vitória foi mais doce.

A Vivo Keyd volta aos palcos do Champions, no sábado (04), para enfrentar o vencedor do duelo entre Team Envy e X10 CRIT. A Team Vikings terá um duelo tenso, contra a Gambit Esports, também no sábado. Todas as duas partidas estão valendo vaga para os playoffs e, em caso de derrota, as equipes ainda terão mais uma oportunidade.

Você pode conferir todos os detalhes no nosso Guia do Champions 2021.

Fique ligado no esports.gg e acompanhe todas as notícias sobre o Champions Tour e as novidades de VALORANT.

Lucas Bauth -

Lucas Bauth

Lucas Bauth, redator e analista de esports, com foco em jogos como Valorant, League of Legends e TFT. Experiência em portais como Globo Esporte e passagem em times de esports.