Os campeões do primeiro Masters de Valorant sangraram para vencer os brasileiros.

A FURIA estreou no Champions (e nos palcos internacionais) nesta quinta-feira (02) perdendo para a Sentinels por 2×1. Apesar do resultado negativo, a estreia da equipe foi positiva, uma vez que a Sentinels é uma das favoritas no torneio, mas enfrentou muitas dificuldades contra a FURIA. Vale ressaltar que a Sentinels foi a campeã do VCT Masters Reykjavík.

Confira como foram os três mapas jogados.

Primeiro mapa – Ascent

O mapa da Ascent é bem conhecido pelos brasileiros. A FURIA sempre mostrou um domínio no mapa, com um sistema tático muito bem montado. Durante a fase de ataque, vimos uma FURIA bem solta e agressiva. Os cinco primeiros pontos mostraram como os brasileiros estavam preparados. Entretanto, a Sentinels conseguiu se reerguer e empatou a primeira metade em 6-6.

Na virada de lados, a Sentinels começou a mostrar a sua principal força, um ataque rápido e decisivo. A FURIA conseguiu responder em algumas rodadas, mas a vitória acabou não chegando para os brasileiros, que perderam a Ascent por 13-9. O destaque da partida foi para o iniciador norte americano, ShahZaM, que jogou com o seu Sova.

Placar final do mapa da Ascent – Divulgação: VALORANT Esports Brasil

Segundo mapa – Breeze

Breeze é um mapa bem complicado. Isso porque ele possui um ataque forte e mais favorecido, com bombs abertos, entradas diversas e uma defesa complicada. Além disso, Breeze é um mapa relativamente recente. Mesmo com Fracture sendo o mapa mais novo, Breeze ainda não tem um meta tão claro e bem estabelecido quanto outros mapas.

Por ser escolha da Sentinels, a FURIA começou atacando na Breeze. Depois de perder a primeira rodada, a FURIA cresceu e fez cinco pontos seguidos. Depois de uma pausa, a Sentinels voltou a se reerguer, equilibrando o confronto. Porém, a FURIA conseguiu segurar seus adversários e venceu a primeira metade por 8-4.

A virada de lados se mostrou um tanto quanto apertada. Ambas as equipes estavam jogando muito bem, tentando neutralizar qualquer movimento inimigo. Por estar na vantagem, a FURIA conseguiu administrar bem e foi garantindo suas defesas aos poucos. Ao mesmo tempo, a Sentinels fez ataques certeiros em sequência, complicando a vida dos brasileiros. Depois de fazer o map point, os norte americanos conseguiram fazer mais três pontos. Porém, a FURIA soube manter a calma para fechar o mapa em 13-10.

Terceiro mapa – Haven

Haven foi o mapa decisivo dessa série, com uma FURIA fazendo os adversários sangrarem para conseguir a vitória. Ambas as equipes possuem uma Haven muito forte, logo a disputa foi equilibrada. A Sentinels possui um estilo de jogo bem forte no mapa, tendo ele como assinatura durante o Masters Reykjavík. Enquanto isso, a FURIA conseguiu sua vaga para o Champions ao vencer várias Haven durante o Last Chance SA.

A Sentinels teve uma defesa muito forte, conseguindo ler muito bem os ataques dos brasileiros. Do outro lado, a FURIA tentou algumas estratégias, mas estava sendo neutralizada a todo momento. Depois de muita confusão e pontos sendo conquistados, a Sentinels saiu na frente, por 9-3.

A virada de lados chegou de forma intensa. Os jogadores brasileiros precisavam correr atrás do prejuízo, enquanto que, a Sentinels, precisava achar as brechas e conseguir fechar o mapa. Depois que a Sentinels fez o seu map point, a FURIA começou a segurar os ataques, neutralizando grande parte deles. Porém, não foi o suficiente e a Sentinels venceu por 13-9

Torcida da FURIA

Assim como foi no jogo entre a Team Vikings e Crazy Raccoon, as redes sociais estavam a todo vapor. Diversas pessoas estavam torcendo para a FURIA.

Mesmo com o resultado negativo, a equipe conseguiu mostrar um jogo bem forte e os seus ânimos estão no lugar correto para a próxima partida. Vale a pena lembrar que, a FURIA estreou num palco internacional contra uma das equipes favoritas ao título. A FURIA volta a jogar, esperando o resultado entre Team Liquid e KRÜ Esports.

O VALORANT Champions 2021 está no seu inicio e os jogos não estão nem perto de acabar. Os Brasil ainda tem muito jogo, com a Vivo Keyd enfrentando a ACEND e a Team Vikings numa partida decisiva contra a Gambit Esports. Você pode conferir todos os detalhes no nosso Guia do Champions 2021.

Fique ligado no esports.gg e acompanhe todas as notícias sobre o Champions Tour e as novidades de VALORANT.

Lucas Bauth -

Lucas Bauth

Lucas Bauth, redator e analista de Esports, com foco em jogos como Valorant, League of Legends e TFT.