A primeira semana da Etapa 2 do VCT Challengers da América do Norte foi concluída com vários novos nomes e faces em destaque.

Com a primeira semana das classificatórias fechadas da Etapa 2 do VCT da América do Norte encerrada, vamos relembrar a maior surpresa, a decepção, quais favoritos deram conta do recado e os melhores desempenhos da semana.

Maior decepção: The Guard

Os rumores começaram sobre os scrims (treinos personalizados entre duas equipes profissionais) da The Guard durante as classificatórias abertas, com as equipes notando uma queda no desempenho desde Rejyakvik. Na primeira e encarando uma 100 Thieves melhorada, que resolveu seus problemas iniciais, a equipe entrou em alerta.

Passando para o patch 4.08, os papéis da The Guard não estavam em questão, mas com os nerfs (pioras) de Jett, a eficácia de Ha “Sayaplayer” Jeong-woo estava em dúvida. Ele jogou principalmente de Chamber na série da 100 Theives e foi único membro da The Guard que terminou com saldo positivo de abates/mortes. Sayaplayer foi capaz de obter abater em ângulos diferentes, mas raramente trocou tiros, terminando com um KAST (eliminação, assistência, sobrevivência ou troca) de 59%.

Examinando o resto da equipe, foi um desempenho muito abaixo do esperado em comparação com o fim da Etapa 1. A equipe terminou com -15 na semana na diferença de rodadas. Além de desempenhos individuais abaixo do esperado, a equipe não teve coesão nas execuções e lutou para ganhar o controle do mapa ao longo da série. Quando jogaram na defensiva a situação foi especialmente preocupante com apenas 55% de KAST da equipe.

Maior ascensão: 100 Thieves

Do lado oposto da The Guard, vem a 100 Thieves e o surgimento de William “Will” Cheng e Peter “Asuna” Mazuryk. Na primeira classificatório aberta, a equipe foi vítima do tempo, já que a equipe foi montada apenas algumas semanas antes da primeira partida. No entanto, o talento se sobressaiu e desde que perdeu para a TSM e não se classificou, eles estão em uma série ridícula de vitórias consecutivas.

A 100 Thieves perdeu um mapa para NYFU, mas fora isso, eles não ficaram com uma mancha sequer no currículo. Mesmo contra os campeões anteriores da VCT da AN, não houve crise de confiança e o novo núcleo da 100T continuou a ganhar experiência e melhorar. Há um plano de jogo claro e conciso sobre como eles abordaram os mapas selecionados contra o The Guard e executaram esse plano com perfeição.

Foi a derrota mais desigual na curta história da The Guard. A capacidade de sufocar as execuções da The Guard nas primeiras rodas e, em seguida, fazer os ajustes corretos no meio das rodadas desligou completamente seus jogadores. Simplesmente impedir que plantassem a spike e correr em direção a certos jogadores quando jogaram no ataque foi um fator importante para o sucesso da 100 Thieves.

Como o narrador Josh “Sideshow” Wilkinson mencionou durante o jogo, a 100 Thieves estava entrando em seu período de lua de mel. Sem expectativas para uma nova equipe e permitindo-se entrar no servidor com um estilo de jogo muito mais despreocupado. Também é importante ver Asuna desinibido, forçando jogadas e a liderança no abate com números chamativos em Raze e Skye.

Tudo na mesma: Optic Gaming

Os campeões do Masters Reykjavik não mostraram sinais de que vão deixar de lutar pelo título. Enfrentando um elenco renovado da FaZe Clan, eles limitaram Andrej “BABYBAY” Francisty e Quan “dicey” Tran depois de uma classificatória que fez muitos considerarem eles uma ameaça adequado aos quatro primeiros colocados.

Rapidamente, a Optic esmagou qualquer chance de surpresa. Apesar de uma exibição sem brilho de Victor Wong no Neon, Jacob “Yay” Whittaker abusou de seu posicionamento e mira de elite para aniquilar os astros da FaZe. Seu Chamber continua a apresentar números monstruosos e está claro que Pujan “FNS” Mehta está em sintonia com seu chamado.

Os azarões: NRG Esports

Desde que trouxe o remanescente Ethan Arnold da 100 Thieves para jogar, a NRG não perdeu um mapa sequer. E a vitória por 2-0 sobre a TSM apenas solidificou sua melhora nas etapas de classificação aberta. Com partidas contra XSET e The Guard chegando, descobriremos em breve se essa equipe é de verdade ou apenas fingimento.

Melhor Desempenho da Semana 1 do VCT da América do Norte

Gráfico via vlr.gg

Yay e bdog demonstraram uma amostra limitada do seu poder destrutivo com Chamber. Asuna, pela primeira vez em um ano, encontra-se entre os três melhores em ACS (Pontuação de Combate de Ataque). Apesar da derrota para a 100 Thieves, Sayaplayer jogou bem e mostrou que é um dos melhores jogadores da região.

Além disso, Ethan estar entre os seis primeiros com Tyson “TenZ” Ngo, Asuna e yay traz de volta as principais sensações do início de 2021. Todas essas equipes e jogadores terão outra chance de mostrar o que sabem neste fim de semana a partir de sexta-feira, 20 de março, às 17h (Brasília).

Traduzido por: Giuseppe Carrino

Filed Under
Blake Van Poucke -

Blake Van Poucke

| Twitter: @TokyoDown

Blake Van Poucke is a Valorant writer at esports.gg. He found esports through the early days of MLG and the Super Smash Bros Melee scene. He's been competing and writing about esports dating back to 2008. He has written for several publications and wishes to return to in-person esports events in 2022