Vanity da Cloud9 falou sobre por que ele ainda não está pronto para chamar sua equipe de melhor da América do Norte – ainda há um trabalho a terminar.

A Cloud9 fechou uma fase de grupos perfeita, uma das únicas equipes a obter o feito até agora em todo o Valorant Champions Tour (VCT), e certamente obteve o status de favorita nos playoffs do VCT Challenger. Apesar disso, a C9 não está pronta para proclamar o status de “melhor equipe” da América do Norte, ou de qualquer lugar . Ao menos é o que pensa Vanity.

Não é a melhor – ainda

O jogador Anthony “vanity” Malaspina foi selecionado para a entrevista pós-jogo, em que a C9 conquistou a fase de grupos perfeita, apesar de uma aparição tremida na Bind. Para ele, o espectro do Champions ainda assombra seu time – onde as coisas deram certo na fase de grupos, mas assim que os playoffs chegaram, as coisas desmoronaram.

“Ainda não ganhamos nada – vencemos a fase de grupos. Foi a mesma coisa na Champions, certo?”, disse vanity. “Obviamente, é legal. Estou muito orgulhoso do que minha equipe realizou, mas não fizemos o suficiente para nos considerarmos os melhores da América do Norte. Acho que ninguém ainda tem esse título. Você pode fazer argumentos, opiniões por trás disso, especialmente porque o meta acabou de mudar. Mas é difícil chamar uma equipe de melhor, e ainda é difícil nos chamar de melhor.”

Cloud9 presa na Bind

Como mencionado, o Bind tem sido historicamente o pior mapa do Cloud9. Isso não mudou no VCT Challengers, mas mesmo quando você olha para suas estatísticas históricas, é muito claramente o pior mapa deles. Claro, isso sem mencionar o Fracture, que eles escolheram apenas uma vez no jogo competitivo de acordo com o VLR.gg.

Taxas de vitória dos mapas do Cloud9:

  • Bind: 50% em 48 mapas
  • Haven: 72% em 69 mapas
  • Split: 64% em 55 mapas
  • Ascent: 71% em 84 mapas
  • Icebox: 71% em 34 mapas
  • Breeze: 88% em 17 mapas
  • Fracture: 0% em 1 mapa

“Bind é o pior mapa já criado”, disse vanity, rindo. “Sinto muito por desrespeitar a Ascent. Até Inferno é um mapa melhor que Bind. Nunca pensei que diria isso. Acho que nossas duas únicas perdas de mapa foram na Bind. Eles jogaram bem, mas nós somos ruins no mapa”.

De fato, Cloud9 até conseguiu superar o mapa Haven, que historicamente tem sido o melhor mapa do Guard. Chegando na partida de ontem, o Guard só havia perdido 2 mapas em Haven. O Guard provou ser um pouco melhor que o Cloud9 no Bind historicamente, com um recorde de 5-3 até agora em 8 mapas.

“É o nosso mapa menos praticado e não clica em nossas cabeças. Espero que possamos superá-lo antes dos playoffs, mas, caso contrário, temos que continuar vencendo os outros mapas”.

De Astra para Omen – um sinal de aleatoriedade neste patch?

O patch mais recente do Valorant introduziu uma série de mudanças no jogo que mudaram drasticamente o meta. Alguns, como Sentinels, notaram que é um meta menos pesado em utilitários. Isso é algo que Vanity ecoou em sua entrevista e até questionou a competitividade do patch.

“Não tenho certeza se esse patch é tão bom para a competição, pode levar a mais inconsistências”, disse. “Gosto de jogar Omen é muito divertido, me permite ser mais autossuficiente. Isso pode levar a mais inconsistências, porque quando você é Astra, pode controlar mais o mapa, mas foi divertido voltar mais ao Omen, talvez misturar um pouco de Brimstone lá”.

Quanto ao futuro, talvez possamos ver Vanity e C9 saindo de Neon e Yoru? Vanity foi tímido e não se apressou em revelar nada, mas certamente foi algo explorado.

“É algo que tentamos”, explicou Vanity. “Antes da Liquid testar sua composição em Haven, conversamos sobre executar exatamente a mesma composição com Neon. Não é completamente impossível que tentemos. As partidas mais recentes, provavelmente não, mas talvez no futuro”.

A Cloud9 agora aguarda seus oponentes nos playoffs do Challenger da América do Norte, pela chance de um ingresso para a Islândia.


Para saber mais sobre os esports de Valorant, fique atento ao Esports.gg.

Filed Under
Dustin Steiner - Americas Editor

Dustin Steiner

Americas Editor | Twitter: @GetSteinered

Americas Editor for Esports.gg, Dustin Steiner brings a decade of esports newsroom experience to bring fans what they need to know, helping them keep their finger on the pulse of esports as it happens. When he's not helping run the newsroom, you can find him grinding it out on Smash Ultimate, Final Fantasy 14, or probably binge watching Gundam.