O Team New Age (TNA) contratou três dos melhores jogadores da Oceania para representá-los na América do Norte. Speedy, Muz e Looter são campeões consecutivos do FNCS, um feito raro.

O Team New Age (TNA) recentemente assinou com o trio de Fortnite da Oceania depois que os jogadores ganharam seu segundo título consecutivo da 6ª temporada da FNCS. Agora, a organização busca trazer alguns dos maiores talentos da Oceania para a América do Norte. Speedy, Muz e Looter irão representar o Team New Age na América do Norte. 

Speedy, Muz e Looter mostraram que são os melhores da Oceania 

Pouquíssimos jogadores de Fortnite detêm o título de duas vezes campeões do FNCS. Ainda menos ganharam os torneios FNCS consecutivamente. O trio Sebastian “TNA Looter”, “TNA Muz” e Nick “TNA Speedy” podem se orgulhar de terem sido duas vezes campeões do FNCS. Eles ganharam a 5ª temporada do FNCS e, em seguida, trouxeram para casa o campeonato na 6ª temporada. 

TNA

Quando questionado sobre qual título FNCS foi melhor, Speedy disse: “Tinha que ser o primeiro. Eu não acho que você pode comparar a vitória da primeira vez.”

Nas últimas duas temporadas, o trio não apenas ganhou o FNCS, mas também três Trio Cash Cups. Na verdade, o trio ficou entre os 10 primeiros todas as Copa Cash da 6ª Temporada. Nos últimos seis meses, Looter, Muz e Speedy têm estado imparáveis. Seu domínio se compara a poucos na história do Fortnite e eles são, sem dúvida, um dos melhores trios do cenário no momento. 

O Team New Age não poderia deixar de pegar uma parte desse sucesso e ajudá-los a se destacarem além da Oceania. A TNA assinou com o trio antes das semifinais da 6ª temporada do FNCS. A liderança da organização acreditava fortemente nas pessoas e em seus talentos. Jacob “TNA Japple” Applebaum, gerente geral da TNA, foi mais longe ao dizer: “Por causa de seus desempenhos extremamente dominantes na Oceania, bem como a paixão e maturidade, Speedy, Muz & Looter estavam além de serem os candidatos perfeitos para essa aposta.”

Os sonhos se tornam realidade para o duas vezes campeão do FNCS 

Speedy compartilhou como é se mudar para a América do Norte para competir. “Esse sempre foi o sonho. Ir para o exterior, competir internacionalmente, era o sonho de quase todos na Oceania”, disse Speedy.

“Infelizmente, o COVID-19 colocou esses sonhos em espera. “Quando o COVID bateu, ninguém na Oceania podia viajar para o exterior”, acrescentou Speedy. 

As restrições não se limitaram apenas à Oceania. Jogadores de todo o mundo ansiavam por campeonatos presenciais ou uma oportunidade de competir nas principais regiões. Quando a luz começou a brilhar no final do túnel sobre o COVID, a opção de viajar retornou. Jogadores de várias regiões sugeriram mudar-se para competir no FNCS. Um dos melhores jogadores do Brasil, Thiago “FaZe K1nG” Lapp, tweetou que também planeja se mudar para a América do Norte para competir. 

Todos sonham, mas nem todos têm a oportunidade de realizar seus sonhos. Speedy reconheceu o quão útil a TNA tem sido em ajudar o trio a viajar para a América do Norte. “Não haveria maneira de entrarmos na América do Norte sem a TNA. Sou definitivamente muito grato por isso!” disse Speedy com firmeza.

A combinação entre o trio e a organização é perfeita. Looter, Muz e Speedy precisavam de ajuda e a TNA queria desafiar o status quo. A TNA continua à frente de outras organizações e essa mudança destaca sua busca pela excelência. 

Como a Oceania se destaca contra a América do Norte?

É raro jogadores mudarem de região para competir. É ainda mais raro um trio inteiro se mudar para outra região. O único exemplo notável foi na Temporada X, quando Zoreh, Jаhlyn e Parpy se mudaram da Oceania para a América do Norte. O trio se mostrou promissor em sua própria região e decidiu desafiar os jogadores da América do Norte. No geral, o trio terminou em 6º lugar durante as finais do FNCS, mostrando que podiam competir com os melhores. 

tna
Zohreh, Jahlyn e Papry, da Oceania, terminaram a etapa da América do Norte em 6º lugar geral nas finals da FNCS da região.

Quase dois anos depois, o novo trio da Oceania formado por Speedy, Muz e Looter enfrenta o mesmo desafio. O novo trio possui um currículo muito maior. Além disso, o trio da TNA começou a jogar junto há mais de seis meses. Eles estão prontos para este novo desafio. 

Na Oceania, Speedy, Muz e Looter decidiram jogar em terreno médio para baixo. Eles encontraram sucesso na consistência do terreno baixo. Em vez de se limitar a um único terreno, Speedy deseja que o trio seja capaz de jogar em qualquer terreno possível.

“Vamos apenas jogar o nosso jogo. Escolher o que é melhor e não focar em um ou em outro. Vamos lutar onde quer que estejamos”, disse Speedy. 

A confiança de Speedy em si mesmo e em seus companheiros de equipe foi demonstrada ao falar com o Esports.gg. Como o membro mais velho do trio, ele os lidera. O líder em jogo ou IGL pode ser uma função muito difícil, mas o respeito entre o trio cria um relacionamento dinâmico. Speedy destacou isso quando escolheu seus dois companheiros de equipe, Muz e Looter, para permanecerem os últimos vivos, se tivessem uma opção. Speedy respeita as habilidades e conhecimentos de seus companheiros de equipe. E o respeito é uma via de mão dupla, já que seus companheiros retribuem sua abordagem.


Leia também:


Team New Age se prepara para seu terceiro Campeonato FNCS 

Vencer é o padrão no Team New Age, pois é a única organização no Fortnite a ganhar um título FNCS em duas regiões diferentes. Esta incrível façanha é uma questão de esforço e circunstância. A equipe continua sendo uma das poucas a contratar trios inteiros para sua organização. A maioria dos trios representa várias organizações diferentes. Ao mesmo tempo, nenhuma organização teve um único membro em qualquer equipe vencedora do FNCS, que também ocorreu em duas regiões diferentes.

O crédito pela conquista da TNA é compartilhado. O CEO e cofundador da TNA, Aaron Kirsh, elogiou seu ex-treinador e gerente, 50 Taruns. “Com relação à nossa primeira vitória na América do Norte, 50 Taruns definitivamente merece uma tonelada de crédito por trazer Mero e Deyy para a TNA,” disse Kirsh ao Esports.gg. 

Quanto ao trio vencedor da Oceania, foi mais um esforço da equipe com Kirsh assumindo a liderança, iniciando conversas com Looter. Em seguida, a discussão começou a se transformar em trazer todo o trio para a América do Norte, em vez de apenas Looter. Eventualmente, o Team New Age assinou com o trio inteiro e começou a planejar sua viagem para a América do Norte. O apoio da TNA a trios inteiros é único no cenário competitivo de Fortnite. 

A TNA continua a expandir os limites no Fortnite 

No cenário competitivo do Fortnite, as organizações aparecem e desaparecem regularmente. A maioria dessas organizações deixa pouco a ser lembrado durante o ciclo. No entanto, a Team New Age quebrou o molde, investindo em uma “mansão 0 ping” na Virgínia e combinando conteúdo de estilo de vida com o competitivo Fortnite. Essa mudança foi extremamente bem-sucedida.

Em menos de um ano, o Team New Age criou uma marca enorme. A organização possui mais de 117.000 inscritos no YouTube e 41.000 seguidores no Twitter. Além disso, a TNA conseguiu vários patrocinadores em seu curto período como organização de esportes.

“Tudo se resume à nossa equipe de gestão extremamente inteligente. Logo no início, pudemos identificar uma lacuna no mercado do Fortnite. Não vimos nenhuma outra organização produzindo conteúdo de estilo de vida de alta qualidade enquanto também competia em campeonatos”, disse Japple, gerente geral da TNA.

O Team New Age mostra claramente uma compreensão incrível de seu público e mercado, assumindo riscos que continuam a valer a pena à medida que crescem mais e mais a cada dia. Agora, todos os olhos se concentram em seu mais novo risco, trazendo o melhor trio da Oceania para a América do Norte.

Fique ligado em esports.gg para as últimas notícias e atualizações sobre Fortnite.

Tradução: Alexandre Silva

Filed Under
Taylor Yates -

Taylor Yates

| Twitter: @somebodysgun | Twitch: somebodysgun

Taylor "somebodysgun" Yates is a Fortnite Caster, Content Creator, and Analyst. He focuses on the North American and European regions, but looks to cover Fortnite globally.