A Natus Vincere repete a sua vitória sobre a G2 para vencer torneios consecutivos em LAN e levanta o Cálice da IEM Cologne. s1mple foi o MVP com uma performance incrível, além de estabelecer o novo recorde de Aces no evento.

A NaVi campeã da ESL One Cologne 2018 conquistou a história. Eles se tornaram o segundo time a levantar dois troféus da Catedral do Counter-Strike com a sua vitória em cima da G2. Essa vitória também se repetiu na IEM Katowice. Os gigantes do CEI derrotaram novamente a G2 nos mesmos mapas daquela partida da Katowice para se tornarem os campeões da IEM Cologne 2021. Contudo, os Samurais jogaram uma série muito mais equilibrada com a adição forte da superestrela Nikola “NiKo” Kovač.

“Foi legal, mas as emoções não estavam tão forte quanto se estivéssemos jogando no palco”, disse Aleksandr “⁠s1mple⁠” Kostyliev, que quebrou o recorde de maior número de aces em um evento em LAN, quando fez o ace número quatro na Dust 2 da final. O ucraniano foi de forma unânima eleito o MVP do torneio. Com um rating insano de 1.51 e 348 abates em 14 mapas jogados, é bem claro o porquê.

Mapa 1 Dust 2 – Dominação s1mple

O primeiro mapa foi escolha da NaVi, a Dust 2. Bem de cara o esquadrão do CEI começou com dominância no lado TR ao vencer cinco rounds seguidos. A G2 respondeu com dois rounds, conseguindo um embalo nestsa metade. Apesar disso, eles foram rapidamente desanimados por um clutch 1×3 insano de s1mple no bombsite B. Contudo, a G2 não queria entregar o controle da metade tão rapidamente. Eles imediatamente ganharam um forçado e venceram os 4 rounds seguintes. A metade terminou a favor da NaVi com um clutch 1×3 heroico de Ilya “Perfecto” Zalutskiy e uma vitória no round final forçado.

A segunda metade começou como um romance de vai e volta, com electronic conseguindo 4 kills no pistol round. Esse round foi respondido imediatamente pela G2, que venceram o round seguinte com uma compra forçada. A guerra de economia continuou até o round seguinte ao que a NaVi venceu com um retake, quando s1mple conseguiu seu ace quebrador de recordes. Foi a impulsão que a NaVi precisou para vencer rounds consecutivos logo depois. Com NiKo não conseguindo nenhum round com multikills, a Natus Vincere fechou a Dust 2 com uma vitória de 16×11.

Mapa 2 Mirage – NiKo eleva o nível, mas perde por pouco

A Mirage foi um mapa muito mais próximo com a G2 mostrando o porquê de ter chegado até as finais. O jogo começou da mesma maneira que a Dust 2, com a NaVi despontando no início antes da G2 reagir. Nemanja ‘nexa‘ Isaković ajudou um fortíssimo NiKo a trazer o jogo pra um resultado próximo no final da primeira metade: 8×7 para a NaVi.

Na segunda metade, a G2 venceu o round pistol e os rounds seguintes para conseguir se colocar na liderança por 11×8. A NaVi voltou ao jogo vencendo cinco rounds seguidos para se colocar à frente do placar. Daí em diante os times trocaram rounds, com a NaVi conseguindo garantir o match point. NiKo ainda conseguiu colocar a G2 na disputa com um 3K de Deagle em um round forçado, com a NaVi ficando com a economia quebrada. Infelizmente, para a G2, no último round o rush meio não encaixou e a NaVi conseguiu fechar o mapa em um 16×14.

Mapa 3 Nuke – G2 fica com o coração partido

A Nuke começou com uma dominância absoluta da NaVi, assim como os dois primeiros. Eles conseguiram vencer os primeiros 3 rounds sem perder nem mesmo um player, assumindo a liderança por 5×0. Contudo, Nexa e NiKo conseguiram pegar fogo para equilibrar o jogo e conseguirem levar a G2 à frente do placar no final da metade inicial, vencendo por 8×7. A superestrela bosnia começou o segundo half com um clutch 1×3 maravilhoso no pistol round.

O forçado da NaVi caiu com facilidade, mas eles conseguiram guardar algumas armas para ter uma segunda chance que eles não desperdiçaram. A vitória no terceiro round deu a eles impulso e economia para conseguir empatar o jogo em 10×10. A NaVi continuou a vencer rounds até deixar o placar em 13×11, quando a G2 conseguiu vencer um round forçado e em seguida empatar o jogo novamente.

O dinheiro da NaVi estava acabando e a G2 estava em posição para vencer o mapa ao enfrentar quatro pistolas e uma AWP, mas s1mple usou a AWP para tornar o round um caos para a equipe de NiKo que falhou em tentar plantar a bomba e afetou o emocional dos jogadores. A NaVi aproveitou este momento para fechar o jogo em um 16×13, se tornando a campeã da IEM Cologne 2021.

NaVi a campeã da IEM Cologne 2021 – S1mple o MVP

s1mple esteve em outro nível neste evento. Chegou até a final com um rating de 1.56. Isso já era um recorde pessoal na carreira de um jogador que é conhecido por ser o melhor que já jogou. Mesmo depois de uma performance abaixo do que ele apresenta normalmente, s1mple conseguiu terminar o torneio com um rating de 1.51. Além disso, ele estabeleceu um novo recorde de aces em campeonatos em LAN.

Essa performance foi muito acima de qualquer um que disputou o evento, que mesmo se ele tivesse sido um pesadelo total nas finais, ele ainda seria o MVP do evento. Como o streamer King_T apontou em um tweet, a diferença entre s1mple e NiKo é a mesma diferença entre NiKo e Sanjar ‘SANJI‘ Kuliev, que é conhecido por ter ratings ruins como um jogador suporte. Performances como essa acontecem raramente, então se você perdeu qualquer um dos jogos da NaVi, nós recomendamos fortemente que vocês assistam aos VODs.

NaVi na liderança para o Intel Grand Slam

O Intel Grand Slam é a conquista de maior prestígio no CS:GO. Apenas dois times venceram o prêmio de 1 milhão de dólares ao vencer 4 de 10 torneios da ESL Pro Tour. A Astralis venceu a primeira temporada ao acumular vitórias nos eventos em um período de mais de 200 dias. A supremacia da Team Liquid em 2019 os levou a rapidamente levar o Grand Slam ao vencer 4 eventos em apenas 63 dias.

Agora a equipe do CEI, com s1mple em seu topo, levou seu terceiro troféu na caminhada para o Grand Slam. A sua primeira vitória foi na IEM Katowice do ano passado, que foi o último evento em LAN antes do mundo entrar em lockdown. A dominação da NaVi no Grand Slam foi colocada em pause enquanto a cena do CS:GO foi separada em regiões. Com o IEM Global Challenge, os eventos do Grand Slam foram reiniciados com a NaVi vencendo a DreamHack Masters Spring 2021, conseguindo seu segundo ponto. Agora eles estão próximos de vencer a terceira temporada, precisando apenas de mais uma vitória nos próximos dois eventos.

Imagem cedida pela ESL

Se eles obtiverem sucesso nessa caminhada, eles irão entrar para a história como parte dos melhores jogadores de todos os tempos, uma posição cabível para o time do GOAT (melhor de todos os tempos) do jogo.

Essa história irá continuar com a ESL Pro League Season 14 em agosto, enquanto o CS entra em um pause momentâneo encerrando a temporada em altíssimo nível. Fique ligado no esports.gg para mais notícias e novidades de CS:GO.

Tradução: Igor Oliveira

Filed Under