A desenvolvedora também aumentou restrições na participação de técnicos.

Com a temporada competitiva do CS:GO prestes a começar, a Valve divulgou nesta terça-feira (25) os detalhes do circuito RMR de 2022 e 2023. Entre as mudanças, o destaque fica para a nova regra que indica que a equipe deverá competir na região correspondente à nacionalidade da maioria dos jogadores do roster ativo.

Dessa forma, é provável que grandes organizações como FURIA, GODSENT, 00Nation e paiN, que disputaram o circuito de 2021 na região da América do Norte, retorne para a América do Sul. Entretanto, a Valve não divulgou se o número de vagas disponíveis para a região irá aumentar. Atualmente, a região sulamericana conta apenas com uma vaga de Challenger para o major. Sobre o tópico, a publicação oficial indica que as vagas serão distribuídas de acordo com a performance da região no último evento major.

Assim como aconteceu no PGL Major Stockholm 2021, os próximos campeonatos major terão 24 equipes de seis regiões diferentes. Oito do total das vagas são para status Legends, ou seja, times que se classificam direto para a fase de grupos do evento. Outras oito serão para Challengers e oito para Contenders.

Além disso, no início do circuito atual as equipes que participaram do último major receberão uma pontuação compatível com a sua colocação no evento. Para conferir como ficou a tabela de distribuição de pontos RMRs acesse a publicação oficial no blog do CS:GO.

Restrição maior para os técnicos

Em sua guerra sem fim contra a função de coach, a Valve também divulgou mudanças nas regras para os técnicos durante os eventos chancelados por ela. Dessa vez, a desenvolvedora é rígida e indica que a comissão técnica não poderá ser “vista, sentida ou ouvida pelos jogadores de forma alguma fora dos períodos de tempo técnico e intervalo desde o início de um mapa até a sua conclusão”.

Atualização

Após a publicação da nota no blog oficial do CS:GO, o site HLTV informou que a medida é a primeira rumo à fusão das seis regiões atuais que disputam os RMRs em três. Segundo o site, a intenção da Valve é que, para o próximo ciclo major, os eventos sejam disputados em LAN, com a união dos seguintes locais:

  • Américas – América do Norte, América do Sul, Região LATAM
  • Europa e CIS
  • Ásia e Oceania

Ainda segundo a HLTV, com a medida, cada região irá possuir o mesmo número de vagas do último ciclo, que culminou no PGL Major Stockholm 2021. Vale ressaltar que, caso a disputa dos eventos RMRs precise acontecer de forma remota, o formato utilizado no ano passado voltará a ser usado. A Valve ainda não confirmou a informação da HLTV.

Fique ligado no esports.gg para as últimas notícias e atualizações de CS:GO

Filed Under