Conflito do país com a Ucrânia motivou a decisão da organizadora.

A BLAST, uma das organizadoras de eventos mais renomadas do Counter-Strike: Global Offensive, anunciou nesta terça-feira (01) a proibição da participação em seus torneios de equipes baseadas na Rússia. A decisão foi motivada pelos conflitos do país com a Ucrânia e compartilhada nas redes sociais da BLAST.

“Devido aos conflitos na Ucrânia, nenhum time baseado na Rússia será convidado para jogar nossos campeonatos em um futuro próximo. Nosso qualificatório do CIS também foi cancelado. Nós sentimos muito pelos fãs e jogadores da região CIS, mas nós não acreditamos que seja apropriado que esse evento continue neste momento. Gaming e esports unem pessoas de todas as raças, países e crenças. Nós esperamos que a situação mundial reflita isso o quanto antes”, diz o comunicado da organizadora.

Além disso, a BLAST também cancelou os qualificatórios da região CEI (Comunidade dos Estados Independentes) para seus campeonatos. Vale ressaltar que a Natus Vincere, uma das principais equipes do mundo, não será afetada pela decisão, uma vez que é baseada na Ucrânia, mesmo contando com três jogadores russos.

O torneio da BLAST na região, que já possuía data, era o qualificatóri WePlay CIS Masters Spring, que aconteceria entre os dias 25 e 27 de março. Dessa forma, após o cancelamento, equipes conhecidas como Virtus.Pro, Entropiq e forZe foram diretamente afetadas e ficaram de fora do evento principal. Já Gambit, que poderia receber convite para o evento também não participará.

Fique ligado no esports.gg para as últimas notícias e atualizações de CS:GO. Acesse o site, Twitter e Instagram e não perca nada do mundo dos Esports.