O Initiator Xeppaa da Cloud9 falou sobre ser a melhor equipe da América do Norte e o tão esperado confronto com a The Guard.

A última vez que a Cloud9 perdeu para uma equipe norte-americana foi em outubro de 2021 contra a Rise. Desde então, a C9 dominou a região, vencendo seus últimos 14 jogos contra adversários da AN.

“Acreditamos que somos a melhor equipe da AN”, disse Xeppaa em uma entrevista pós-jogo. “Acho que com todos que jogamos em nosso grupo, sempre seremos melhores”.

Entrevista do Xeppaa da Cloud9 após a partida

No passado, a Cloud9 hesitou em reivindicar o título de melhor da América da Norte, pois a Vanity apontou que teriam que conquistar isso primeiro. No entanto, Xeppaa, que está se destacando como um dos melhores jogadores individuais nas fases do Challengers Group, não tem medo de dizer o óbvio.

Estatísticas do Xeppaa (vs o restante da AN)

  • ACS (Pontuação Média de Combate): 237 (8º)
  • K/D (Abates/Mortes): 1.07 (23º)
  • ADR (Dano Médio por Rodada): 155.8 (5º)
  • KAST% (Percentual de Abates, Assistências, Sobrevivência e Vingar Morte do Companheiro): 79% (5º)
  • KPR (Abates Por Rodada): 0.79 (1º)
  • ADR (Dano Médio por Rodada): 0.43 (1º)

A Luminosity começou a semana como uma das equipes surpresa no Grupo A fazendo 2-1. A Cloud9 rapidamente deu a eles um retorno à realidade fazendo 13-3 no mapa Haven, e Nathan “leaf” Orf atropelando sua tática defensiva no Jett com um ADR de 214. No mapa Breeze escolhido pela LG, Xeppaa apontou que a Cloud9 foi pega de surpresa.

“Acreditávamos que eles iriam se preparar muito no Breeze”, disse Xeppaa, “especialmente depois que perdemos”.

Xeppaa está se referindo à derrota por 13-8 no Breeze uma semana antes contra a Evil Geniuses. No geral, a C9 foi considerada uma das melhores equipes neste mapa, então a LG optar por Bind não era algo considerado fora das possibilidades.

Independentemente disso, a escolha do mapa pegou a C9 de surpresa e a LG começou com uma vantagem de 7-5. O mapa acabou terminando na prorrogação, com a C9 conseguindo reagir e vencer por 15-13.

Xeppaa na partida The Guard vs Cloud9

Quanto ao confronto final da fase de grupos, a Riot não poderia ter escolhido melhor confronto para a última semana. A batalha dos invictos traz um histórico entre a C9 e o coach da The Guard, McE, já que ele já jogou ao lado de vários jogadores da C9 na Team Chaos.

“Será um jogo divertido, com certeza. É sempre bom jogar contra o ex-técnico McE. Nosso ex-companheiro de equipe na Chaos”.

Xeppaa passou a dizer que o jogador norte-americano de Valorant, Trent, é a grande razão para o sucesso da The Guard. “Trent tem sido uma grande parte dessa equipe também”, disse Xeppaa. “Eles estão em 4-0 como nós. Vai ser um grande jogo para assistir e jogar”.

Não resta dúvida, The Guard e Cloud9 são as melhores equipes do grupo. A expectativa para este confronto será incomparável, já que a animação com isso vem se acumulando há semanas.

The Guard e Cloud9 disputam o título de melhor do grupo em 11 de março.

Traduzido por: Giuseppe Carrino

Blake Van Poucke -

Blake Van Poucke

| Twitter: @TokyoDown

Blake Van Poucke is a Valorant writer at esports.gg. He found esports through the early days of MLG and the Super Smash Bros Melee scene. He's been competing and writing about esports dating back to 2008. He has written for several publications and wishes to return to in-person esports events in 2022