De Ancifogo até Minima, confira as skins preferidas dos profissionais

O VCT Masters já acabou há um tempo e a saudade aperta, uma vez que o torneio é um show a parte. Claro que as jogadas dos melhores players do mundo são a grande atração do torneio. Entretanto, a comunidade gosta muito de cosméticos e as skins do VALORANT utilizadas no Masters, também chamam a atenção.

Armas, amuletos, cards e até sprays são oferecidos na loja diária, passe de batalha, mercado noturno e pacotes. Porém, existem algumas skins do VALORANT que são extremamente usadas pelos profissionais. Você sabe quais são elas?

Então, se liga nessa lista, com as skins mais usadas, principalmente no VCT Masters e veja se você está de acordo com a moda do VALORANT profissional.

Conhecendo as skins

Para conseguir montar uma boa lista, vamos fazer uma separação por armas. Ou seja, vamos apresentar quais são as skins de Vandal mais usadas, depois de Phantons, Operators, pistolas e armas variadas. Lembrando que esse é o gosto de cada jogador e podemos dizer que, alguns deles, possuem alguns bem duvidosos.

Ao todo, são 53 conjuntos de skins no VALORANT. Cada conjunto possui, ao menos, uma arma de cada agrupamento. Então, por exemplo, a linha de skins Ancifogo, possui no seu conjunto, as armas Frenzy, Judge, Vandal, Operador e Faca. Por outro lado, a linha Protocolo 781-A possui, em seu conjunto, as armas Sheriff, Spectre, Bulldog, Phantom e Faca.

Além disso, as skins do VALORANT possuem níveis de raridade. Esses níveis acabam ditando os efeitos cosméticos das armas. No momento, existem 5 níveis, que são os Select, Deluxe, Premium, Exclusive e Ultra. Uma skin Select possui menos efeito do que uma Ultra. Esses efeitos costumam ficar na arma, disparo, eliminação, verificação da arma e efeito de último abate. Confira abaixo os efeitos de abate da linha de skins Protocolo 781-A, que possui todo o tipo de efeito:

Vandal

skins valorant vandal
As skins de Vandal – Reprodução
  • Ancifogo – Uma das linhas favoritas, por todos os jogadores profissionais, é o primeiro conjunto Ultra. Com uma estética totalmente única, no formato de dragão, essa skin do VALORANT é usada aos montes nos campeonatos internacionais.
  • RGX 11z Pro – Por muito tempo os jogadores aguardavam uma skin que possui contador de abates. Mesmo não sendo no estilo desejado, com um contador histórico, a linha RGX chegou e é adorada pelos jogadores, principalmente no VCT Masters
  • Vingança de Gaia – Lançado bem recentemente, essa linha de skin tem uma temática mais natural. Além disso, o seu efeito de último abate é bem bonito de assistir.
  • Saqueador – A primeira linha de skins, do VALORANT, com uma temática mais escuridão. Os seus efeitos trabalham muito bem com as sombras, além de serem bem limpas.
  • Sublime – Se não for a skin predileta, é uma das favoritas. A linha Sublime entrega um luxo enorme à arma. Além disso, o som de disparo é bem gostoso de escutar, dando a impressão de ser mais preciso. Por fim, o seu efeito de último abate é bem interessante de ver, com um lobo atacando o inimigo abatido.

Phantom

phantom
As skins de Phantom – Reprodução
  • Protocolo 781-A – Atualmente, é a única linha de skin que possui um sistema de narração acoplado. Além disso, ela é bem limpa, parecendo uma espécie de camuflado. Porém, uma coisa que poucos profissionais admitem, é que o seu efeito de último abate acaba chamando a atenção. Um robô é invocado, atirando no corpo do oponente finalizado.
  • Spectrum – Parceria entre o VALORANT e o DJ Zedd. Essa linha de skin no VALORANT possui um dos efeitos mais gostosos de assistir. Os sons de disparo e de confirmação de morte, são bem montados, mas o grande chamativo é o efeito de último abate. Uma música do DJ toca e todo o ambiente fica no clima de festa.
  • Sublime 2.0 – A nova versão da linha Sublime entregou aos amantes de Phantom, tudo aquilo que eles queriam, com a edição inicial. O seu estilo é o mesmo, mas ao invés de ter um lobo como mascote, possui um touro.
  • Reconhecimento – A versão mais básica das skins usadas nessa lista. Sua linha de raridade é a Premium. O seu uso se popularizou por aqueles jogadores que não gostam de muitos efeitos, mas adoram uma pintura camuflada. Ela não possui efeitos sonoros, de ambiente ou de últimos abates, apenas a pintura na arma e, ainda assim, é uma das mais utilizadas.
  • Singularidade – A singularidade é uma linha bem interessante. Ela possui um efeito cosmético único, além de uma coloração bem marcante. Todas as suas demais animações são lindas de assistir, baseando-se em uma temática um pouco mais espacial.

Operator

skins valorant operator
As skins de Operador – Reprodução
  • Ancifogo – Novamente a linha Ancifogo aparece na lista. Ela possui uma personalização única, além de uma animação, no efeito de recarregar interessante. Por fim, a sua mira, quando puxada, é bem estilosa, dando a impressão de poucos espaços cegos.
  • Ion – A linha de skins do VALORANT, Ion, trouxe ao jogo um estilo que muitos jogadores queriam. Sua cor básica é um branco bem limpo. Além disso, ela corrige muitas curvaturas, dando uma sensação arredondada.
  • Origem – Uma das animações, de verificação, mais interessantes. Ao observar as armas da linha Origem, ela se desmonta e começa a girar, como uma magia. Junto a isso, os seus demais efeitos acabam combinando, dando um ar de graciosidade a skin.
  • Lúgubre – Mais uma linha com uma temática mais escura e noturna. Os seus traços lembram as skins Saqueador, Desolação e entre outros. O que chama mais atenção na linha, é o efeito de último abate, que faz o agente abatido desaparecer em penas.
  • Sentinela da Luz – Uma linha em comemoração ao grande evento da Riot Games, Ruína e Sentinelas da Luz. Todo o conjunto remete ao evento que passou pelo League of Legends, Teamfight Tactics, Legends of Runeterra e Riot Music, com a banda Pentakill. Porém, no VALORANT, a sua maior marca são as animações sonoras, que lembram uma sensação de vidro.

Pistolas

pistolas
As skins de Pistolas no geral – Reprodução

Para as pistolas, separamos algumas skins, que acabam aparecendo com mais frequência. Porém, são nessas armas que acontecem as maiores variações, com cada jogador montando o seu próprio estilo.

  • Spectrum (Classic) – A linha Spectrum volta a aparecer entre as skins do VALORANT favoritas. Seu estilo branco, com curvas mais arredondadas e um som musical, a torna única. Além disso, o seu efeito de finalização é muito gostoso, com a música tocando no fundo.
  • Radiant Crisis 001 (Classic) – Uma linha bem interessante, com um estilo de efeito lembrando desenhos animados. Junto a isso, os seus sons trazem uma sensação gostosa. Por fim, os seus efeitos visuais, quando é recarregada, atirando e no efeito de finalização, remete às famosas onomatopeias cartunescas. 
  • Blast X (Frenzy) – A Frenzy está sendo uma arma muito utilizada nas rodadas econômicas do VCT Masters. Até então, ela era bem esquecida e as principais escolhas iam entre a Classic, Ghost e Sheriff. Para comemorar, uma das skins mais usadas é a linha da Blast X. Ela remete as armas de brinquedo, com um som plástico e uma finalização bem icônica, embrulhando o seu alvo para presente.
  • Soberana (Ghost) – Se temos o conjunto Saqueador trazendo um ar sombrio, esta linha traz justamente o contrário. O estilo Soberania remete a sensação de luz e brilho. Além disso, os seus efeitos sonoros são limpos, isso sem contar a sua finalização.
  • Singularidade (Sheriff) – Na Sheriff a escolha parece ser praticamente única. A linha da Singularidade é realmente linda. Os seus efeitos visuais, dentro das partidas, dão uma sensação sobrenatural. Além disso, a sua finalização, com um buraco negro, é realmente estonteante.

Facas

skins valorant facas
As skins de Faca – Reprodução
  • Reconhecimento – A primeira faca no estilo Butterfly. O seu pedido foi tanto, que no seu lançamento, todos os profissionais estavam comprando. A sua linha de skin é muito utilizada em outras armas, como a Phantom e Spectre. Sua animação de verificação é bem limpa e gostosa de usar, sendo a queridinha dos amantes de Counter Strike.
  • Origem – Novamente a linha Origem aparecendo na lista. Sua animação de verificação, com a faca girando nas mãos, é algo único. Além disso, o seu som é realmente gostoso de escutar. Ela possui um estilo de uma faca curva, conhecida como Crescent Blade.
  • VALORANT Champions – A querida Karambit. Porém, não é por ser uma faca no estilo que os jogadores queriam. A linha de skins VALORANT Champions é única e nunca mais vai voltar às lojas. Sua animação, de finalização, toca a música tema do Champions (Die for You).
  • VALORANT Go! Vol. 2 – Mais uma faca no estilo Butterfly, mas dessa vez com um estilo bem interessante. Seu formato é um pente de cabelo, personalizado para o agente Yoru. Além disso, a linha de skins VALORANT Go! é totalmente personalizado com os agentes do jogo. Inclusive, na primeira linha desse conjunto, a faca é uma adaga da Jett.
  • Vingança de Gaia – Para finalizar, uma arma com um formato diferente, de machado. O machado da linha Gaia é bem bonito, lembrando bastante uma arma medieval. Sua estrutura misturada com folhas e galhos, traz um ar de fantasia, principalmente de druidas. Como já falamos, a sua animação de finalização é uma das mais bonitas, com uma árvore chamativa. 

Menções honrosas (ou não tão honrosas assim) das skins do VALORANT

Algumas linhas de skins do VALORANT merecem algumas menções, principalmente pelo o seu uso por alguns jogadores, que possuem um gosto para lá de duvidável. Uma delas e se for a principal, é o conjunto Mínima. Ela brinca com a temática de uma skin mais limpa, sem muitas curvas e poucos detalhes.

Por exemplo, xand, duelista da Ninjas in Pyjamas, apareceu jogando com a Phantom. Outros jogadores, principalmente dos países asiáticos, mostram a Operator. Porém, como dito anteriormente, gosto é gosto.

Agora, por outro lado, um conjunto que não foi mencionado, mas que merece destaque, é Infantaria e Glitchpop. Duas linhas bem diferentes, inclusive no nível de raridade. Infantaria possui uma raridade Select, a mais barata de todas, enquanto a Glitchpop é Exclusive.

O estilo da Infantaria lembra um pouco as armas mais antigas, da época da primeira e segunda Guerra. Além disso, para aqueles que não gostam tanto de animações ou não querem investir tanta grana nas compras, essa coleção é uma boa pedida. Do outro lado, Glitchpop tem uma temática mais energética e colorida. Ela trabalha com emojis ou figurinhas, além de explosões de cores.


Então, qual a sua preferência entre as skins do VALORANT? Se pudesse montar um inventário completo, qual seria o seu?

Se você quer ver mais sobre os profissionais, acompanhe o VCT Masters. Para assistir, basta acessar os canais oficiais do VALORANT Esports Brasil, no YoutubeTwitch e Nimo.

Para não perder nada do mundo dos esportes eletrônicos, fique ligado no Esports GG. Acesse o site, Twitter e Instagram e fique por dentro das últimas noticias do mundo do VALORANT.

Lucas Bauth -

Lucas Bauth

Lucas Bauth, redator e analista de Esports, com foco em jogos como Valorant, League of Legends e TFT.