Em sua primeira partida oficial, LOUD consegue vitória por 2×0.

O VCT BR voltou, reformulado e extremamente disputado. Depois de duas etapas classificatórias, a LOUD, Ninjas in Pyjamas, TBK Esports e LIGHT INGAMING Esports, se juntaram às seis equipes convidadas. E a estreia veio quente para os torcedores que puderam assistir grandes jogos, estrelados pela LOUD contra a Gamelanders Blue e Liberty contra a Team Vikings.

Confira abaixo como foi o primeiro dia de VCT BR.

LOUD x Gamelanders Blue

A LOUD é uma das equipes mais comentadas do ano de 2022. Isso porque a organização montou um elenco estrelado, uma vez que trouxe Sacy, Saadhak, Aspas, Less e Pancada. Antes de serem oficializados pela LOUD, a equipe se classificou na bacia das almas das classificatórias abertas, mostrando um jogo bem tático e explosivo.

Do outro lado, a Gamelanders Blue passou por uma mudança muito grande. Depois de ter um ano na média, a equipe se reestruturou. A grande maioria de seus jogadores escolheram um futuro fora da equipe, com exceção de Nyang. Assim, a organização trouxe Chase, v1nny, Fuzari e dgzin7B e tenta se reestruturar para a temporada.

Primeiro mapa – Bind

O primeiro mapa jogado foi a Bind, escolha da LOUD. Os picks de agentes das equipes foram semelhantes, com poucas divergências. Enquanto a GLB apostou em jogar com Jett, Sova, KAY/O, Astra e Viper, a LOUD jogou com Raze, Sova, Skye, Astra e Viper.

A defesa da LOUD começou forte, conseguindo emplacar um 4-0. Porém, a GLB conseguiu ler as estratégias adversárias e responder bem. A primeira metade terminou 7-5 para a LOUD. Os lados viraram e foi a vez a GLB conseguir fazer boas pontuações e empatar em 9-9. O empate, contudo, não foi o suficiente e a LOUD venceu por 13-9.

O destaque foi para o Sacy, que performou muito bem com o seu agente de assinatura, Sova. Seu KDA, no mapa, foi um respeitável 26/13/7, com um PMC (Pontuação Média de Combate) de 353 pontos.

Segundo mapa – Split

Split é um mapa visto raramente na região brasileira, o que acabou surpreendendo a todos. Outra surpresa foi a escolha de agentes pelo lado da LOUD. Os jogadores da tropa, escolheram jogar com Raze, Chamber, Astra, Skye e Viper, com Saadhak assumindo a Raze e Aspas de Chamber. Já a GLB, optou por jogar com Jett, Viper, Cypher, Skye e Astra.

Conhecido por ter um ataque forte, principalmente depois que a Spike é plantada a Bind acaba favorecendo quem sabe destrui retakes. Porém, mesmo jogando do lado considerado mais desfavorável, a LOUD terminou a primeira metade com um empate, ao mostrar uma defesa bem estruturada.

Quando os lados viraram, a GLB não conseguiu reproduzir a habilidade da LOUD do lado defensivo e deixou diversas brechas. Por conta disso, a LOUD aproveitou os erros adversários e atacou massivamente os bombs sites. O mapa acabou em 13-7, com a LOUD fazendo 5 pontos seguidos no final.

O destaque do mapa foi para Saadhak, uma vez que o manito fez um belo uso da duelista Raze. Seu KDA foi de 23/13/5, com um PMC de 316 pontos.

Liberty x Team Vikings

A partida entre Liberty e a Team Vikings era bem aguardada, visto que as duas equipes passaram por mudanças significativas. Apesar de ter trocado apenas um jogador, a Liberty alterou bastante seu estilo de jogo, uma vez que pleets foi substituído por glym, que chegou para ser o duelista da equipe. Assim, a sua composição ficou a seguinte: glym, liazzi, Myssen, shion e krain.

Já a Team Vikings passou por uma mudança completa. Isso porque a organizaçao liberou seus jogadores dos contratos no final de 2021 e apostou em cinco novo nomes para a temporada de 2022. Assim, a equipe atual da Vikings é composta por pepa, Veroneze, pollo, swag e Ds

Primeiro mapa – Bind

O primeiro mapa da partida foi a Bind, escolha da Liberty. Assim, a equipe trouxe logo no início sua composição detrês iniciadores – a composição que também foi usada pela equipe no VCT Masters 3, em Berlim. A tática é usada pela Liberty com o intuito de incomodar os adversários, e usa ferramentas de informação e inicialização fortes. Logo, o time veio com as escolhas de Raze, Astra, Sova, Skye e Breach. Enquanto isso, a Team Vikings apostou numa composição mais tradicional, usando Raze, Sage, Viper, Skye e Astra.

Logo na primeira metade, todos conseguiram ver a diferença no nível entre as duas equipes. Por diversas vezes, a VKS tentava plantar a Spike, mas eram neutralizados pela forte composição, principalmente por conta do Breach com o seu Pós Choque. A primeira metade terminou em 10-2, sendo 7 pontos conquistados em sequência pela Liberty.

Na virada de lados, a VKS não deu indícios que iria conseguir ameaçar com um empate ou virada, uma vez que a equipe não conseguiu trazer boas respostas e sofreu com toda a vantagem criada pela Liberty. No final das contas, a VKS conseguiu apenas um ponto e perdeu o mapa por 13-3.

O destaque dessa partida foi para o liazzi, que jogou de Raze e conquistou um KDA de 16/9/6. Contudo, vale a pena ressaltar que toda a equipe da Liberty ficou com pontuações parecidas. A diferença entre liazzi e krain, por exemplo, foi de apenas 13 pontos (usando o PMC como método de comparação).

Segundo mapa – Icebox

A Icebox foi o mapa escolhido pela VKS e, por conta disso, era esperado que a equipe conseguisse demonstrar um estilo de jogo mais forte. Os times jogaram com composições espelhadas, que, inclusive, são agentes padrões para o mapa. Logo, os times vieram com Jett, Reyna, Sova, Sage e Viper.

Durante a primeira metade do jogo, a Liberty teve uma performance muito boa, fazendo pontos certeiros. A equipe chegou a abrir uma vantagem de 6-2, mas após uma pausa tática da Team Vikings, a equipe começou a ser neutralizada. Assim, a primeira metade acabou com um empate e a VKS conseguiu respirar no confronto.

Quando os lados viraram, o ataque da Liberty se mostrou sólido e a conseguiu entrar nos bombs, além de cobrir muito bem a retaguarda. Por mais que a Team Vikings tentasse, a defesa era neutralizada rapidamente. O mapa terminou em 13-7 , com a Liberty fechando a série em 2-0.

O destaque da partida foi novamente para liazzi, que jogou de Jett. Seu KDA foi de 24/11/6, com um PMC de 347 pontos.

Próximos jogos

O VCT BR 2022 volta na tarde deste domingo (13), com início das partidas às 17h. Os jogos do dia serão:

  • FURIA x Ninjas in Pyjamas
  • Vivo Keyd x Sharks Esports

O destaque do dia fica por conta de FURIA e NIP, uma vez que a partida irá marcar o reencontro de xand, contra a FURIA, sua antiga equipe. Para acompanhar, basta acessar os canais oficiais do VALORANT Esports Brasil, pelo YouTube, Twitch e Nimo.

Para acompanhar todas as noticias sobre VALORANT, fique ligado no Esports GG. Acesse o site, Twitter e Instagram e não perca nada do mundo dos Esports.

Lucas Bauth -

Lucas Bauth

Lucas Bauth, redator e analista de esports, com foco em jogos como Valorant, League of Legends e TFT. Experiência em portais como Globo Esporte e passagem em times de esports.