A equipe irá fazer sua estreia no campeonato Series Hera nesta terça-feira (04).

A equipe norte-americana Dream Conspiracy revelou sua line-up feminina de Valorant nesta terça-feira (04). O elenco será composto por Rayza “Athena” Martins, Letícia “bikkia” Ferreira, Natalia “boo” Falcão, Marília “Liattz” Malachias, Lívia “liv” Gomes. O primeiro compromisso do time será no Series Hera, campeonato organizado pela player1 com o apoio do VCT Game Changers circuito feminino oficial de Valorant.

As jogadoras da equipe tem passagens competitivas em jogos diversos de outras modalidades como os FPS Paladins e Combat Arms. A Dream Conspiracy também conta com a analista Nayara Dornelas e o treinador Felipe “Tryy” Nunes.

Estou ansiosa para 2022, espero evoluir e conquistar muitas coisas com o nosso time. Confio no nosso potencial e dedicação.

Marília “Liattz” Malachias.

A Dream Conspiracy não é a única organização estrangeira que está investindo no cenário de Valorant brasileiro. Ano passado, a org sueca Ninjas in Pyjamas anunciou oficialmente sua entrada no competitivo de Valorant. Além deles, a organização holandesa Team Liquid deve assinar com o elenco que defendeu a Gamelanders Purple em 2021, segundo apuração dos sites Mais Esports e Dexerto.

As fortes apostas no cenário feminino de Valorant chegam à medida que a Riot Games anuncia seus planos para a modalidade. Um exemplo disso é a expansão no circuito Game Changers, que agora também contará com um Mundial feminino de Valorant. A desenvolvedora ainda divulgará maiores detalhes sobre o torneio ao longo do ano.

Em breve, VALORANT estará de volta com um novo formato e diversas novidades. Confira nosso guia sobre o VCT BR 2022 e fique ligado no esports.gg para não perder nada.

João Vitor Costa -

João Vitor Costa

| Twitter: @Nenaojao

Estudante de jornalismo. Começou recentemente na cobertura de esports e é especializado em League of Legends. Também se aventura no Wild Rift, Valorant e Legends of Runeterra.