O jogador chileno foi acusado de racismo depois de fazer declarações contra dgzin da GL Blue.

A KRÜ informou na última segunda-feira, em um comunicado no Twitter, que Angelo “keznit” Mori sofreu sanções internas da organização. A “punição” da KRÜ, que não foi especificada, aconteceu após keznit ser acusado de racismo por comentários feitos contra Douglas “dgzin” Silva, jogador da Gamelanders Blue. Já a Riot Games ainda analisa a situação, segundo noticiou o ge.

Entendendo o caso

A situação começou quando o treinador da Gamelanders Blue, Ian “shaW” Jardim, postou um print em seu perfil de Twitter em que mostra keznit chamando dgzin de CJ do Valorant, em referência ao protagonista negro do jogo GTA SA. Em seguida, keznit se defendeu dizendo que a afirmação não foi racista.

Após a repercussão do caso, foi anunciado o banimento da KRÜ dos servidores de treinos da América do Sul via PRAAC. No entanto, a decisão foi revertida na última segunda-feira (21), após a organização argentina publicar um comunicado informando que aplicou sanções internas a keznit. A KRÜ não especificou quais medidas foram tomadas em relação ao jogador.

Vale ressaltar que os servidores de treinos utilizados por meio da plataforma PRAAC são complemente geridos pela comunidade e não tem ligação direta com a Riot Games.

A suspensão do banimento foi anunciada pelo treinador da Portuguesa Lucas “Shuren” Silva, que faz parte da administração dos servidores de treinos. Em nota, ele afirma que é contra qualquer ato de racismo e violência. Ele continua dizendo o seguinte: 

“Em acordo com o diretor da KRU Esports, Tom Nyogen, após comunicado de sancionamento interno de Keznit, estamos revertendo temporariamente e sob monitoramento o banimento, uma vez que estão em uma final de campeonato e nem todos devem sofrer as más consequências providas por um único player.

Analisamos o caso de ambas as partes, através de vídeos de treinamento e acontecimentos posteriormente. Optamos, por fim, aplicar um strike de má conduta para a equipe Gamelanders Blue e após movimentação da organização KRU Esports, dois strikes. Caso o time acumule três strikes, será banido.”

Para acompanhar todas as noticias sobre VALORANT, fique ligado no Esports GG. Acesse o site, Twitter e Instagram e não perca nada do mundo dos Esports.

Filed Under
João Vitor Costa -

João Vitor Costa

| Twitter: @Nenaojao

Estudante de jornalismo. Começou recentemente na cobertura de esports e é especializado em League of Legends. Também se aventura no Wild Rift, Valorant e Legends of Runeterra.