Apenas 16 times seguem na disputa para as 5 vagas da PUBG Mobile Pro League Americas e parte da premiação total de US$ 150 mil.

A PUBG Mobile Pro League Brasil (PMPL Brasil), finalizou suas três semanas de classificatórias com a Alpha7 liderando a competição com 664 pontos e 13 vitórias. Logo atrás deles, ficaram a Influence Rage e B4 eSports, em 2° e 3° lugar, respectivamente. A grande final acontece desta sexta (1º) a domingo (3) e vale cinco vagas para a PUBG Mobile Pro League Americas 2021 e uma parte do prêmio total de mais de US$ 150 mil, com US$ 10 mil ao 1º colocado.

A segunda temporada da PMPL Brasil até aqui foi marcada por partidas extremamente empolgantes, com feitos inéditos e grandes jogadas. Podemos destacar a Alpha7, que terminou as rodadas de league days em 1º lugar com 664 pontos, 227 a mais que a Influence Rage, 2º colocado, com 437 pontos.

Outro fato interessante ocorreu com o pro-player Paralyze, atleta do Flamengo, na última partida disputada no mapa de Sanhok, o rubro-negro venceu e Paralyze foi um dos destaques por estar com 0 kills, 0 dano, 0 headshot e 3177 de cura. O atleta alcançou mais de 25 mil de cura. Para efeito de comparação, o segundo jogador com mais cura foi Vituzin da B4, com pouco mais de 12 mil.

Os times Santos Esports, Team Coda Solid, Ace1 e Dreamy Team ocuparam as quatro últimas posições e foram rebaixados para a PUBG MOBILE Club Open, divisão de entrada para o circuito profissional.

A final poderá ser assistida a partir desta sexta (1º) a domingo (3) no Facebook, Twitch, NimoTV e YouTube. A grande novidade fica com a transmissão ao vivo no SporTV, sempre a partir das 19h. O evento conta com apresentação de Toboco, análise de Khaya, narração de Vespa e Petar.

Giuseppe Carrino -

Giuseppe Carrino

Editor, redator, tradutor e entusiasta de jogos hardcore. Joga a série Souls desde antes disso virar moda.