Nos sentamos esta semana com os junglers da LCS para fazer a cada um deles uma pergunta sobre seu desempenho, suas expectativas e o que está por vir para eles.

Terminamos a primeira semana do LCS e no fim de semana passado destacamos os melhores laners. Desta vez, os junglers são o tema em destaque da semana. Quer se trate de fila solo ou de jogos competitivos no palco, os junglers sofrem pressão para que consigam entregar continuamente boas performances. No momento em que fracassam, seu time sofre com os objetivos, acampamentos de farming jungle, pressão ao redor do mapa e inúmeros outros fatores.

O LCS sem dúvida tem um portfólio incrivelmente divertido de junglers para serem assistidos. Tanto os veteranos quanto os novos rostos trazem suas habilidades para o rift, mostram suas proezas e aplicam seus conhecimentos de jogo para assim trazer a vitória para sua equipe. Tivemos a oportunidade de sentar com todos os junglers do LCS e refletir sobre suas estatísticas na divisão de primavera, seu desempenho visto até agora na divisão de verão, suas expectativas para as semanas restantes e tudo mais. 


Pergunta: Na divisão de primavera, você teve a maior participação nos abates, com 73,9%. Quanto você pensa em se envolver com seus laners para levá-los à frente? Como as mudanças no cronômetro do acampamento na jungle afetarão seu tempo no mapa?

Closer da 100T: Acho que cada jogo é diferente. Eu realmente não presto atenção às estatísticas, especialmente quando estamos no rift. Quando estou em jogo, só olho para o meu campeão, o que o meu treinador quer e o que o meu time precisa. Pode depender da situação, se é para priorizar o farming, certos objetivos no mapa, gankar ou pressionar no mapa. Mas certamente estou procurando jogar de forma mais agressiva nessa divisão do que na divisão anterior. 


Pergunta: Você é sempre a peça chave de quase todas as jogadas da C9. Na Primavera, você obteve a classificação mais alta em abates, com uma diferença de 14 mortes entre você e o segundo colocado, Santorin. Como você vê seu estilo de jogo em comparação com o resto da liga?

Blaber da C9: Acho que meu estilo de jogo é bem simples. Eu só gosto de pressionar muito no início do jogo, aproveitar minhas vantagens e jogar muito bem além desse ponto. Isso não só me ajuda como ajuda a equipe a conseguir informações e abates. Tenho que ser muito agressivo nesse ponto, invadir muito a jungle inimiga e abusar muito do mergulho nas torres, ao lado dos meus companheiros. Definitivamente sou alguém que gosta muito de lutar. 


Pergunta: Na primavera, você teve vários problemas com o visto e entrou na liga em apenas 12 jogos. Após os resultados da sua primeira semana serem 0-3, quais mudanças, em sua opinião, serão necessárias se você quiser manter vivas as suas esperanças no playoff? O tempo passado na offseason com a equipe foi suficiente para se preparar?

Broxah da CLG: Acredito que passamos a offseason de forma bastante produtiva. Tivemos muito tempo para praticar, mas jogar scrims é diferente dos jogos oficiais. No final, você pode aprender muito apenas com eles. Nós praticamos por 4-5 semanas para a divisão, mas realmente acredito que aprendemos mais com esta semana 0-3 do que com todas as scrims anteriores, combinadas ou pelo menos perto disso. Provavelmente porque, quando você joga partidas oficiais com os nervos e a pressão, é um jogo diferente.

Não estamos em uma boa posição no momento, em 9º lugar. Ainda há muitos jogos pela frente. Estou muito confiante de que, se não formos afetados por nossa posição na classificação e continuarmos confiando em nós mesmos como companheiros de equipe e em nossa preparação, poderemos pelo menos entrar no top 8 e sermos classificados junto com as equipes indo para os playoffs. 


Pergunta: Nós vimos você retirar 11 campeões únicos antes e muitas pessoas atribuíram as vitórias da Dignitas com base em seu desempenho. Você já sentiu que seu desempenho é decisivo para a equipe no dia? Será que veremos os campeões únicos novamente nesta divisão?

Dardoch da DIG: Não acho que meu desempenho individual seja necessariamente um grande fator em nossas vitórias. Não precisa necessariamente ser eu tendo um desempenho excepcional. Tudo o que preciso fazer é entrar nos jogos com a mesma mentalidade com que vencemos durante os treinos, então teremos resultados semelhantes.

Para os campeões únicos, oh sim. É apenas parte de jogar o jogo em seu nível mais alto. Você deve ter uma infinidade de estratégias, tanto individualmente quanto em equipe. Claro, como uma equipe, estamos sempre trabalhando em nossas estratégias, mas eu tinha minhas coisas individuais ao lado. Tinha preparado isso há muito, muito tempo. É meio que a maneira como me preparo durante a offseason e entre as divisões. Se meus companheiros de equipe confiam em mim e surge a oportunidade de fazer algo maluco, estou sempre pronto e sempre disposto. 


Pergunta: Você teve a maior parcela de morte em sua equipe com 25,3% na divisão de primavera. Você atribuiria isso ao seu estilo de jogo sendo de alto risco e alta recompensa? Você pretende diminuir o ritmo para o verão e assumir riscos mais calculados?

Svenskeren da EG: Eu realmente não olho muito para essas mortes, a menos que seja tipo ficar de luto. Se estou morrendo sozinho e nenhum dos meus companheiros de equipe está no mapa, provavelmente é uma morte ruim. Por outro lado, se estou morrendo muito porque estamos constantemente brigando ou lutando em equipe, então eu realmente não me importo muito com isso. 



Pergunta: Você é um dos Junglers mais jovens da liga. De onde você tira sua experiência dentro do LCS e quem mais o ajudou a se adaptar e melhorar?

Josedeodo da FLY: Acho que a comissão técnica me ajudou muito. Em primeiro lugar, porque eu estava tendo problemas com a comunicação com meus companheiros de equipe por causa da barreira do idioma. Agora me sinto bem ao falar no jogo. Eles me ajudaram muito a me adaptar ao ambiente de equipe. Meus companheiros sempre me incentivam a não ter medo de fazer o que acho ser certo em determinada situação. 


Pergunta: Esta é a sua segunda divisão no LCS desde que veio da ⁠Maryville University, o que você tem achado do LCS e a qualidade dos jogos? Quem foi o jungler mais difícil de enfrentar até agora?

Iconic da GG: Eu diria que Blaber é o melhor jungler. O LCS me deu a oportunidade de focar principalmente em League of Legends e tem sido divertido até agora. A qualidade dos jogos é definitivamente superior. Acho que pelo menos estou melhorando mais rápido jogando no LCS. 


Pergunta: Você geralmente escolhe seu Jungler depois que o oponente o faz. Quão importante você acredita que contra-atacar o jungle do seu adversário seja para você? Isso lhe dá uma vantagem natural e mais confiança para entrar no jogo?

Xerxe da IMT: Normalmente escolher um jungle para contra-atacar não tem muito valor. Quero dizer, não é algo do qual estamos conscientes. Provavelmente é algo que acontece aleatoriamente quando faço isso. Normalmente você se beneficia de escolhas assim em solo lanes


Pergunta: Você finalmente está no topo da classificação do LCS. Como você planeja manter esse forte início para a divisão de verão? Qual área dentro da equipe que ainda precisa ser trabalhada para melhorar? 

Spica da TSM: Ainda não somos uma equipe incrivelmente boa. Temos muito que trabalhar. As outras equipes também não estão se saindo muito bem agora. Acho que precisamos principalmente melhorar nosso jogo no começo, sendo essa nossa maior fraqueza no momento. É nisso que precisamos melhorar definitivamente. 


Pergunta: Você está empatado em terceiro lugar no momento com Dignitas e 100 Thieves. Onde você se vê no final da divisão de verão? Existe alguma equipe em particular que acredita ser melhor do que você no momento?

Santorin da TL: Honestamente, no fundo, sinto que nem todos estão bem agora. A divisão de verão acabou de começar e todos estão descobrindo seus pontos fracos. Normalmente dos scrims você consegue ver alguns deles, mas eles são muito mais claros no palco porque os jogos são mais lentos.

Neste momento, se eu olhar para todas as equipes, diria que venceríamos todas. Ao mesmo tempo, sinto que todas as equipes também podem nos vencer. Estou muito animado para jogar semana a semana e provar que estamos ficando mais fortes do que todos os outros. Acredito que até o final da divisão seremos os melhores ou os segundos atrás da Cloud9. Realmente depende, porque ainda somos relativamente as duas únicas potências da liga.

Fique ligado em esports.gg para as últimas notícias e atualizações de League of Legends

Tradução: Alexandre Silva

Mostafa

Mostafa "Mostafeto" Salem

Writer of the Month: May | Twitter: @Mostafa_7os

Coming over to esports.gg after 6 years of gaming journalism experience and a year at THESPIKE.GG, Mostafa brings you all the latest VALORANT and League of Legends news. Whenever he is free, he is either in Masters elo TFT or Silver elo League soloq.