Além disso, a desenvolvedora anunciou que a transmissão do CBLOL terá interpretação em libras.

Nesta quinta-feira (20), a Riot revelou diversas novidades do CBLOL, VCT BR e Wild Tour para 2022. Entre os destaques está o anúncio de que a Riot planeja incentivar o cenário competitivo feminino de League of Legends. Além disso a desenvolvedora irá implementar interpretação de libras na transmissão do CBLOL como forma de aumentar a inclusão da comunidade. As informações foram divulgadas em coletiva de imprensa.

“A gente vai trabalhar com foco em parcerias para desenvolver o cenário feminino semi-pro regional, e esse pra gente é um grande passo. O incentivo ao cenário feminino de LoL é uma dívida que a gente tem há muito tempo e todas as experiências positivas que a gente teve com o Game Changers no Valorant mostram pra gente o quão importante e o quanto a explosão desse interesse pode causar uma mudança muito rápida e cada vez mais forte. 

Então, a gente está trabalhando com parceiros para começar a criar em 2022 um cenário para incentivar a cena feminina de League of Legends para que a gente possa trabalhar mais possibilidades de entrada no cenário profissional e dar a experiência, ainda que seja semi-profissional, de um torneio estruturado para as jogadoras. Então, pra gente isso também é um movimento de incluir as jogadoras no lado mais esportivo, de incluir as mulheres que tem interesse de entrar no mercado e segmento de esports.”

Caco Antunes, diretor de esports da Riot Games Brasil.

Caco Antunes, diretor de esports da Riot Games Brasil, esclarece que a iniciativa visa incentivar este cenário por meio de parcerias para fornecer estrutura para torneios femininos independentes, de forma parecida como se está sendo feito com o cenário de Valorant em que os torneios femininos apoiados pela Riot e que estão fora do circuito principal do Game Changers recebem o selo de Game Changers Academy. Em relação a datas para o início da iniciativa, Caco informa que ela deve começar a partir do segundo trimestre deste ano.

Sobre a implementação da interpretação em libras no CBLOL, Caco informa que o recurso estará presente durante todos os dias de CBLOL, no pré-show e em todas as análises. A iniciativa já estará presente na transmissão a partir deste sábado de estreia do torneio. Quando perguntado se a interpretação em libras também estaria nas transmissão do VCT e do Wild Tour, Caco informou que por enquanto não, mas que pretendem implementar nas demais modalidades no futuro.

Fique ligado no esports.gg para as últimas notícias e atualizações sobre esports.

João Vitor Costa -

João Vitor Costa

| Twitter: @Nenaojao

Estudante de jornalismo. Começou recentemente na cobertura de esports e é especializado em League of Legends. Também se aventura no Wild Rift, Valorant e Legends of Runeterra.