A Matilha não participa de uma final desde 2017, ocasião em que foram campeões pela primeira vez.

A Red Canids venceu a Vorax Liberty por 3×1 na disputa da segunda chave das semifinais do CBLOL. A Matilha teve um split com altos e baixos, mas quando chegou aos playoffs mudou completamente de postura. A entrada de Grevthar, antigo mid da equipe Academy, teve grande influência na evolução do time. Agora os dois finalistas estão definidos: Red Canids e Rensga se enfrentarão na grande final que será realizada presencialmente no Rio de Janeiro. Confira os resultados. 

Jogo 1 – Red Canids abre a série com atropelo

A Red Canids iniciou os confrontos do dia com atropelo. A equipe abriu o placar de abates ainda no nível 1 ao punir uma movimentação do caçador adversário. Isso travou muito o jogo da Vorax, que tinha um Viego na selva, campeão que necessita de um começo de jogo estável para fazer a diferença no late game. 

A Matilha usou muito bem a vantagem que obteve ao adotar uma postura agressiva e assertiva durante toda a partida. Destaque para o atirador Titan com sua Xayah que fez valer todo o recurso que garantiu – ele aplicou muito dano em todas as team fights e chegou a marcar um quadra kill na última investida da Matilha à base da Vorax. Vitória da Red Canids. 

Jogo 2 – Vorax Liberty empata e respira na série

O segundo jogo surpreendeu logo no draft: a Vorax Liberty optou pela Lux na rota do meio, campeã que não apareceu nenhuma vez em toda a competição. E dessa vez os Vorazes conseguiram encaixar seu ritmo muito melhor, o top laner FNB conseguiu pressionar bastante na sua fase de rotas e isso deu espaço para o caçador Yampi poder fazer o jogo da sua equipe girar de forma mais fácil. 

Com o mesmo Viego da primeira partida, o caçador da Vorax também marcou um quadra kill em uma jogada plasticamente muito elegante ao abusar dos resets do seu campeão. No fim das contas, a Vorax conseguiram finalizar o confronto com tranquilidade. Vitória da Vorax Liberty.

Jogo 3 – Red Canids leva a melhor em partida extremamente disputada

A Vorax começou abrindo vantagem ao conseguir abates importantes que ajudaram na imposição de ritmo da equipe. Matsukase, atirador dos Vorazes, ficou gigante na partida chegando a acumular onze eliminações sem morrer nenhuma vez, o jogador era a referência de dano de sua equipe e o time triunfou em diversas team fights por causa dele. 

Porém, a Red Canids soube segurar bem o jogo ao responder bem algumas propostas do adversário. À medida que o jogo avançava, a Tristana do TitaN chegava cada vez mais perto do seu pico de poder e, assim que atingiu esse ponto, derreteu seus adversários nas lutas. Depois de mais de quarenta minutos de jogo, Grevthar fez uma excelente iniciação na rota do meio e desencadeou uma última team fight favorável para a sua equipe. Vitória da Red Canids.

Jogo 4 – Red Canids finaliza série e garante vaga na final

O começo de jogo estava equilibrado entre as duas equipes. A Vorax abriu o placar de abates com uma emboscada em cima do Guigo na rota do topo, mas a Red respondeu pouco depois com um abate na rota inferior. A partida começou a ficar muito favorável para a Matilha depois que eles ganharam duas team fights por volta dos quinze minutos de jogo. Na segunda delas, Grevthar marcou um triple kill com sua Irelia e a vantagem impulsionou o jogo da Red.

No resto do jogo, a Matilha mandou no mapa, conseguindo vários abates sobre os jogadores fora de posição da Vorax. Todo esse recurso e pressão adquiridos foram muito bem utilizados pela Red Canids, que derrubou estruturas importantes e garantiu os principais objetivos neutros. A partida acabou com uma última luta a favor da Matilha. Vitória da Red Canids.

Red Canids e Rensga se enfrentarão na grande final do CBLOL no dia 4 de setembro, o confronto acontecerá presencialmente e será realizado no Rio de Janeiro. Você pode acompanhar as transmissões pelos canais oficiais do CBLOL no YouTube, Twitch e Nimo TV.