O treinador da paiN comentou durante as coletivas sobre problemas que o time está enfrentando nos treinos, sobre quais são os maiores adversários da paiN e também falou o que está sendo feito para evitar o desgaste da equipe.

No último sábado (03), a paiN venceu de forma dominante a KaBuM. Com o resultado, a equipe encerrou o primeiro turno na zona de classificação direta para às semifinais, situação que pode mudar com o decorrer do campeonato. 

Durante as coletivas daquele dia, o treinador da paiN João Pedro “Dionrray” Barbosa comentou alguns problemas que vem ocorrendo durante os treinos, sobre os principais adversários da paiN e como eles evitam o desgaste da equipe.

Levando em conta a boa campanha que a paiN fez no começo deste split, qual é o seu veredito do time em relação ao primeiro turno? E quais são suas expectativas para o segundo?

Dionrray: É uma pergunta complicada, porque, para ser bem sincero, apesar da gente ter tido um bom primeiro turno, da gente estar 7×2, a gente vem encontrando vários problemas no nosso dia-a-dia em relação a treinos. Não problemas pessoais ou problemas dentro do time, mas realmente pontos que a gente precisa evoluir e a gente vem tendo semanas de treino bem complicadas. 

Umas até mais do que no split anterior, o que não é necessariamente algo ruim, muito pelo contrário. Eu acho que, apesar das últimas semanas terem sido bem desgastantes para todos nós, eu acho que a gente está conseguindo conversar bastante, e conseguindo consertar bastante coisa, tanto é que no CBLOL esses problemas não estão aparentes. A gente está conseguindo jogar bem no CBLOL, estamos conseguindo draftar bem, a gente tá conseguindo vitórias boas. 

Então, apesar dos problemas nos treinos, dos nossos problemas no dia-a-dia, a gente tá conseguindo contornar bem. Muito pelo fato da gente ser uma equipe que já tava junto antes. Eu acho que, tanto os jogadores se conhecem bem, a staff se conhece bem, e jogadores e staff que se conhecem bem conseguem trabalhar melhor. 

pain

Cada um sabe das limitações do outro, até onde você pode ir, até onde você não pode mais, até onde você deve dar uma folga pra pessoa. Então acho que, o fato da gente ter mantido a line-up tem sido crucial pra gente estar evoluindo tanto. 

A gente tem muitos problemas ainda que precisam ser arrumados, mas esses problemas são bem evidentes pra gente, no nosso dia-a-dia, nos nossos treinos. E eu fico feliz que, no CBLOL, a gente tá conseguindo mostrar nossa evolução e, principalmente, mostrar um nível de jogo muito maior do que a gente estava apresentando no primeiro turno do split passado. 

Agora, o mais importante é como a gente vai conseguir usar esse segundo turno. Acho que é manter o ritmo, não se enganar pelas vitórias no CBLOL, não quer dizer que o time tá mil maravilhas, que a gente esteja muito à frente dos outros times, e continuar o trabalho constante semana-a-semana, que nem a gente vem fazendo nas últimas semanas.

As três melhores equipes em questão de rendimento no CBLOL são Flamengo, paiN e Vorax Liberty. Você concorda que Flamengo e Vorax são os maiores adversários da paiN? Ou você acha que tem times na parte de baixo da tabela que podem ser perigosos?

Dionrray: Acho que é meio difícil de fugir, realmente, do Top 3 ser Flamengo, Vorax e paiN. Acho que são equipes que mantiveram suas bases, algumas fizeram trocas pontuais em staff e jogadores, mas acho que são as equipes que têm o melhor LoL atualmente no Brasil. 

Em melhor de cinco tudo pode acontecer, apesar de não colocar a LOUD como Top 3, é uma equipe chata de se enfrentar.

Eu, particularmente, gosto muito do jogo da KaBuM, de como eles jogam em time, de como eles se preparam para os confrontos. Mas, acho que na final do campeonato vai ser muito difícil fugir de Vorax e Flamengo, principalmente.

pain
paiN Dionrray durante entrevista no CBLOL. Foto: Bruno Alvares/Riot Games

A paiN vem trabalhando desde o último split praticamente sem parar, isso por conta de terem ido para o MSI e depois só ficar, aproximadamente, uma semana de folga antes do começo da segunda etapa. O que vocês estão fazendo para tentar conter o desgaste dos jogadores e da comissão técnica?

Dionrray: A gente tá em um ritmo frenético desde o split passado, teve o MSI e daí tivemos uma pausa de dez dias, aproximadamente. E aí voltamos a treinar depois de todos os outros times. Tinha dois, três patchs que a gente ainda não tinha jogado em competição, com campeões novos, e aí viramos meme, tivemos que correr atrás, voltar para a rotina de treino e ao mesmo tempo você precisa recuperar o tempo perdido do período que a gente não estava treinando. 

Então, realmente a gente tá com um ritmo frenético já há um bom tempo, e isso bate, sim, no dia-a-dia, no desgaste, às vezes no último treino. Você vê que tá todo mundo mais cansado, até mesmo para algumas discussões recorrentes do split passado, o pessoal já tá meio que de saco cheio. 

Mas no final das contas, o discurso é sempre o mesmo, todo mundo aqui tá remando em prol do mesmo objetivo. Nós, enquanto staff, vale sempre o bom senso de saber a hora de dosar. Então, às vezes “Pô, vamos deixar de fazer um treino prático e só conversar um pouquinho” ou liberar o pessoal mais cedo, algo assim.

Os jogadores também, cada um sabe o que fazer no seu tempo livre para depois render seu 100% na hora do treino, ou chegar pra staff e falar “eu preciso disso e disso essa semana” ou algo assim. 

Então, eu acho que é muito de conversa. Aqui na paiN, comissão e jogadores trabalham muito na conversa, em um ambiente bem democrático, tipo “Peraí, galera. Vamo deixar de jogar esse último jogo e conversar sobre o time? O que foi legal hoje? O que não foi?”. Coisas assim desse tipo, sabe. 

Eu acho que visando, principalmente, o nosso bem estar mental e pensando também mais a frente. Eu acho que é assim que estamos lidando e acho que a gente vem lidando bem com isso durante as últimas semanas. Essa semana em particular, eu não tenho muito o que reclamar dos jogadores em relação a entrega deles nos treinos, em relação a terem feito tudo que a gente pediu. Então, eu acho que a gente tá conseguindo lidar bem aos poucos com isso.   

pain

A paiN enfrentará a Vorax Liberty e a Furia no próximo final de semana, os jogos acontecerão nos dias 10 e 11 de julho. Você pode acompanhar as transmissões pelos canais oficiais do CBLOL no YouTube, Twitch e Nimo TV.

Fique ligado no esports.gg para mais notícias e novidades de League of Legends.

*Matéria realizada em colaboração com João Vitor Costa

Filed Under
Bruno Martins -

Bruno Martins

| Twitter: @yo_brunoM

Jornalista. Na cobertura de esports desde 2018 e especializado em jogos de FPS como CS:GO e Rainbow Six.