Após sua segunda vitória no Mid-Season Invitational de 2022, o Inspired da EG trocou algumas palavras com a imprensa.

A Evil Geniuses está aquecendo os motores na MSI 2022. Os recém coroados campeões da LCS venceram ORDER da Oceania. Esta vitória coloca a EG confortavelmente em segundo lugar com uma vantagem de duas vitórias sobre a ORDER. Após vencer, Inspired da EG falou com a imprensa sobre os problemas atuais de ping e muito mais.

P: Já que vocês estão no Grupo C, vocês têm que jogar contra seus dois adversários quatro vezes. É fácil manter o foco nesse tipo de grupo?

Inspired: Acho que sim. Eu esperava que a ORDER fosse muito pior do nós e a G2. Então, entrando no torneio, pensei que poderia ser um mini Rift Rivals entre a G2 e nós [risos]. Mas mesmo contra a ORDER eu ainda tenho que respeitá-los e não perder o foco, eles ainda são bons jogadores e se você cometer erros eles vão te punir.

P: Eu queria falar sobre os problemas de ping que têm sido algo aparente na MSI. Como tem sido a experiência para você, pessoalmente, indo de um pingo baixo na fila solo para um ping forçado de 35 no palco?

Inspired: Definitivamente a sensação é pior. Se você usar campeões que exigem mecânicas elevadas, ou campeões que exigem combos com flash, por exemplo, se você errar com eles poderá perder a confiança no jogo. O ping não parece muito estável. Não aparenta ser 35 de ping, parece um pouco lento. Acho que temos que nos adaptar a isso.

P: O que você acha de Wukong de jungle no momento?

Inspired: Eu acho que Wukong de jungle é muito forte. Joguei bastante com ele na fila solo. Acho que é por isso que foi banido quatro vezes contra nós até agora. Então, sim, eu acho que é muito forte.

P: Embora tenha sido anunciado antes que haveria ping extra, você achou que seria um problema? E jogar no ping alto fez vocês reavaliarem suas estratégias?

Inspired: Antes da MSI eu sabia que isso iria acontecer, mas achei que o ping não seria perceptível realmente porque 35 de ping não deveria mudar muito. Mas no treino, estávamos treinando no cliente que iríamos jogar no palco para nos acostumarmos. Mas foi aí que percebemos que não é tão estável e não é bom de se jogar.

P: No passado, me disseram que as equipes da AN lutaram para obter partidas de treino contra equipes coreanas e chinesas. Ainda é este o caso este ano?

T1 competindo na MSI 2022. Foto: Lee Aiksoon/Riot Games

Inspired: Bom, jogamos contra a T1 e algumas outras equipes coreanas e fomos meio que trucidados, então posso entender por que essas equipes não querem treinar muito com as equipes da AN porque não aprendem muito. Acho que Jojo aproveitou mais essas partidas, já que ele não teve muita concorrência na AN, enquanto que aqui todo mid laner é bom. Assim ele pode aprender com todos e que essas partidas não são um desperdício.

Inspired: “Na AN, quando Jojo seguia adiante, eles recuavam. Enquanto que na MSI, quando ele está jogando contra jogadores como Faker, ele não tem medo dele

P: Eu queria continuar falando disso, quais foram suas principais conclusões ao treinar contra as equipes coreanas?

Inspired: Acho que para Jojo, a maior vantagem foi a fase de rotas, certo? Na AN, quando Jojo seguia adiante, eles recuavam. Enquanto que na MSI, quando ele está jogando contra jogadores como Faker, ele não tem medo dele. Então, ele o atacaria no momento em que Jojo tentasse jogar mais agressivo e ele seria punido por isso.

Quanto ao jungle, é um papel muito específico. Aqui, os junglers são muito melhores em torno de suas rotas vencedoras. Eu acho que as equipes coreanas e chinesas jogam tão bem em suas rotas vencedoras e, uma vez que começam a vencer, é impossível mudar isso.

Fique ligado no Esports.gg para as últimas novidades e atualizações sobre League of Legends.

Traduzido por: Giuseppe Carrino

Jordan Marney -

Jordan Marney

| Twitter: @MarnMedia

Jordan "Marn" Marney is an esports journalist from across the pond. Marn specialises in telling stories about League of Legends and Call of Duty. Marn has been a passionate esports fan since 2014 and has written for publications Unikrn, Esports Network, ESTNN and The United Stand.