O jogador se queixou de um caso de xenofobia sofrido por ele no servidor europeu.

Na última segunda-feira (28), Grevthar fez um desabafo em seu perfil no Twitter sobre um caso de xenofobia que ele sofreu no servidor europeu. Depois da Red Canids ter sido campeã do CBLOL, o time se classificou para o Worlds 2021 e atualmente se encontra na Islândia treinando para a competição. 

Em seu tweet, o meio da Red Canids diz que esse tipo de situação o deixa muito bravo. Na sequência, Grevthar ainda adiciona que um dos seus adversários da fila ranqueada disse que ele deveria voltar para o Brasil e sair do servidor europeu, e ainda afirmou que ele deveria “ir para uma região de ser humano”. 

Antes de embarcar para a Islândia, a Matilha havia feito um bootcamp de 11 dias em Madrid, Espanha. A equipe chegou em Reykjavik, cidade onde será sediado o Mundial, no dia 24 de outubro. O Worlds 2021 inicia no dia 05 de outubro e terá sua grande final em 06 de novembro. O primeiro compromisso da Red Canids será contra a Infinity Esports pelo Grupo A na Fase de Entrada.

grevthar
Grevthar, meio da Red Canids – Foto: Bruno Alvares/Riot Games

Fique ligado no esports.gg para as últimas notícias e atualizações de League of Legends.

João Vitor Costa -

João Vitor Costa

| Twitter: @Nenaojao

Estudante de jornalismo. Começou recentemente na cobertura de esports e é especializado em League of Legends. Também se aventura no Wild Rift, Valorant e Legends of Runeterra.