O atirador do Flamengo falou durante coletivas sobre as últimas derrotas do Flamengo, sobre as críticas direcionadas a ele e ao time, e também deu sua avaliação sobre a solo queue brasileira.

Na última semana de CBLOL, o Flamengo saiu com duas derrotas pela primeira vez na competição. O Flamengo enfrentou Red Canids e Vorax Liberty e perdeu nas duas ocasiões. As derrotas não foram suficientes para arrancar o primeiro lugar dos rubro-negros, por conta disso, eles se mantêm no topo da tabela. Atualmente, o Flamengo tem nove vitórias e três derrotas.

Durante as coletivas do último sábado (11), quando tinham sofrido a primeira derrota do final de semana, Lucas “Netuno” Flores comentou sobre as últimas derrotas do Flamengo, as críticas direcionadas a ele e ao time, e também deu sua avaliação sobre a solo queue brasileira.

O Flamengo vinha tendo problemas no early game e nos últimos jogos isso parecia estar sendo resolvido, mas no jogo contra a Red ele voltou a aparecer. Você acha que o early game forte da Red foi mérito deles ou uma falha de vocês?

Netuno: Cara, eu acho que esse jogo foi um misto dos dois, sabe. Eles jogaram bem o early game, de fato, mas a gente jogou muito mal. Faltou intensidade, faltou proatividade no nosso time. Então, foi um pouco de mérito deles e nosso erro também. 

Quando falaram sobre as derrotas no último split, os jogadores do Flamengo daquele elenco disseram que o clima dentro do time não estava bom. Como está o clima do time agora?

Netuno: Sobre o clima do time do split passado eu não posso falar muito, porque eu não sei. Mas, atualmente eu creio que nós não estamos tendo problemas com isso. É um clima de aprendizado, de evolução e a gente não tá tendo nenhum tipo de conflitos muito intensos, sabe. Eu acho que tá bem tranquilo em relação a isso.

Depois da derrota contra a LOUD, você sofreu muitas críticas nas redes sociais. Essas críticas te afetam?

Netuno: Sobre o jogo contra a LOUD, eu de fato errei ali. Fiz uma jogada bem ruim e recebi bastante crítica. Não é que eu não ligo pras críticas, mas não me afeta dessa maneira, eu sei o que eu errei e vou trabalhar para resolver. Não tem muito mistério, não. Se quiser me xingar, me xinga, eu não ligo muito.

flamengo

Não é a primeira vez que o Flamengo começa invicto e começa a perder, isso reforça que o mais importante é a evolução a longo prazo. Você sente que o Flamengo tem evoluído mais como equipe nas últimas semanas?

Netuno: Eu tenho certeza que a derrota é uma coisa muito importante, a gente aprende muito mais perdendo do que ganhando, e eu vejo que o Flamengo tem evoluído bastante, principalmente nas últimas duas semanas. Esse jogo [contra a Red] a gente pecou, foi um jogo atípico, a gente pecou bastante. Mas, jogando e treinando, eu vejo a gente evoluindo bastante. Derrota é uma coisa muito importante pra gente.

Sobre os torcedores do Flamengo que passam do ponto nas críticas, qual sua avaliação sobre esse tipo de situação? 

Netuno: O Flamengo é um time que tem torcedores muito apaixonados, então é uma coisa que a gente sabe que vai acontecer. Eles amam muito a gente, quando a gente peca eles, de fato, eles ficam um pouco bravos. Mas, é uma torcida apaixonada e eu gosto muito.

Você acha que existe um problema na cultura da solo queue brasileira para ela ser tão tóxica? 

Netuno: Eu acredito que seja uma coisa um pouco mais ampla do que isso, sabe. Não é bem só solo queue. As pessoas do país não são muito… Não sei se a palavra certa é “educados”, mas é uma coisa que acontece muito nas redes sociais, as pessoas abusam muito de anonimato pra escrever um monte de coisas. Eu não creio que seja um problema só do LoL, é mais amplo.   

Nesta quinta-feira (15), acontecerão os jogos adiados da KaBuM! e nos dias 17 e 18 de julho serão disputadas as partidas da Semana 7 do CBLOL. Você pode acompanhar as transmissões pelos canais oficiais do CBLOL no YouTube, Twitch e Nimo TV.

Fique ligado no esports.gg para mais notícias e novidades de League of Legends.

*Matéria realizada em colaboração com João Vitor Costa

Filed Under
Bruno Martins -

Bruno Martins

| Twitter: @yo_brunoM

Jornalista. Na cobertura de esports desde 2018 e especializado em jogos de FPS como CS:GO e Rainbow Six.