A Matilha chegou em Madrid, na Espanha, no começo desta semana para realização de bootcamp.

Na última quarta-feira (15), o CEO da Red Canids informou no seu perfil do Twitter que o bootcamp da Matilha custou R$ 70 mil. A viagem está servindo como preparação para o Worlds 2021, o Mundial de League of Legends. A Red Canids se classificou para o torneio ao vencer o 2° split do CBLOL.

Em seu perfil de Twitter, Felippe Corradini, CEO da Red Canids, respondeu um internauta acerca dos custos que a organização estava arcando com o bootcamp da Matilha. “Não tenho problema em abrir pra vocês, está em torno de 70 mil para 10 pessoas por 11 dias, isso porque já tínhamos as passagens do worlds e só “estendemos” a escala de Madrid.”

A Red Canids chegou na Espanha no começo desta semana, na segunda-feira. Por lá, a equipe começou o bootcamp e já estão jogando as filas ranqueadas europeias. Quatro jogadores da Matilha já figuram entre o Top 15 dos proplayers com mais pontos no servidor europeu. Todos eles estão elo Mestre: Aegis, Avenger, TitaN e Jojo; Guigo e Grevthar ainda estão no Diamante.

Depois de se sagrar campeã do 2° split do CBLOL, a Red Canids garantiu a única vaga brasileira do Worlds 2021. Em breve, a Matilha disputará a Fase de Entrada do torneio. Por enquanto, os grupos desta etapa ainda não foram sorteados, mas logo devem ser divulgados.

red canids

Fique ligado no esports.gg para as últimas notícias e atualizações de League of Legends.

João Vitor Costa -

João Vitor Costa

| Twitter: @Nenaojao

Estudante de jornalismo. Começou recentemente na cobertura de esports e é especializado em League of Legends. Também se aventura no Wild Rift, Valorant e Legends of Runeterra.