A Ubisoft anunciou que suas operações de esports passarão a ser feitas internamente, aproveitando o sucesso de Rainbow Six Siege e Brawlhalla.

A Ubisoft anunciou a criação de sua própria divisão de esports e jogos competitivos. Esta é uma grande mudança em comparação com suas estratégias passadas, que dependiam de organizadores terceirizados para fazer as coisas acontecerem. Ela disse que o novo departamento é uma equipe global consolidada.

Por que a Ubisoft está criando sua própria divisão de esports?

“Com base em seis anos de experiência extraída de nossas atividades competitivas de jogos em títulos como Tom Clancy’s Rainbow Six Siege, Brawlhalla, Trackmania ou For Honor, e observando a evolução de nossa indústria em geral, a reformulação de nossa estrutura interna dará a nós as ferramentas adequadas para entrar no próximo capítulo de nossa jornada e moldar o futuro dos esports e jogos competitivos na Ubisoft”, compartilhou Geoffroy Sardin, vice-presidente sênior de publicação executiva na Ubisoft.

O que a nova divisão de esports da Ubisoft fará?

De acordo com a Ubisoft, aqui estão alguns objetivos que ela espera alcançar com seu novo departamento:

  • Construir ecossistemas competitivos prósperos e inclusivos para o portfólio de jogos competitivos da Ubisoft, para os fãs se engajarem e participarem, e para organizações e patrocinadores crescerem. Seja olhando para nossos cenários mais amadurecidos de esports, como Rainbow Six Siege, Brawlhalla e Trackmania, ou outros jogos competitivos existentes e futuros, nos dedicamos a fazer com que cada ecossistema competitivo alcance todo o seu potencial.
  • Criar um plano plurianual com atividades competitivas, torneios e ligas adaptados a todos e um caminho claro do amador ao profissional, que inspira e envolve jogadores de todo o mundo.
  • Fornecer valor e serviço de entretenimento de qualidade ao público da Ubisoft, por meio de uma oferta diversificada de produtos de esports, transmissão e produção de eventos premium, conteúdo de entretenimento e uma forte presença local, permitindo que as comunidades locais desfrutem de atividades e conteúdo sob medida para elas.
  • Aproveitar novas oportunidades, acompanhando desde o início as equipes de desenvolvimento e editoriais da Ubisoft em toda a rede mundial de estúdios de desenvolvimento da Ubisoft, para colaborar na visão, escopo e recursos dos jogos competitivos, assim como nas estratégias de itens de jogo de compartilhamento de receita. 
  • Implementar, em colaboração com parceiros e organizações, modelos de negócios de esports saudáveis e sustentáveis e fluxos de receita, que contribuam para criar um ambiente maduro e virtuoso para todos.

Quem vai liderar a nova divisão de esports da Ubisoft?

François-Xavier Deniele foi nomeado diretor sênior de esports e jogos competitivos. Ele agora supervisionará todos os aspectos de esports e jogos competitivos na Ubisoft. Ele está na empresa desde o começo de suas iniciativas de esports e trabalhou anteriormente em seus programas EMEA.

“Estamos orgulhosos do que nossas equipes conquistaram nos últimos anos em todas as regiões e dos marcos que alcançamos em nosso portfólio competitivo em tão pouco tempo”, disse Deniele. “Agora nosso foco se volta para 2022 e além. Fortalecendo o esports e os jogos competitivos como um pilar fundamental da cultura da Ubisoft, nossa organização interna simplificada nos permitirá ganhar agilidade, beneficiando todos os nossos ecossistemas competitivos em todo o portfólio de marcas da Ubisoft”.

Ubisoft expandirá ofertas de esports para além de Rainbow Six e Brawlhalla

Como parte do anúncio, a Ubisoft confirmou que pretende voltar a realizar eventos internacionais com audiências ao vivo quando a situação global envolvendo a saúde permitir. Ela também confirmou que continuará dando apoio a jogos como Rainbow Six Siege e Brawlhalla, ambos entrando em seu sétimo ano de competição.

Mas isso não é tudo – ela também sugeriu que haverá alguns anúncios animadores sobre títulos futuros. Eles querem “ampliar seu portfólio” em vários gêneros. A Ubisoft já está conversando com equipes de desenvolvimento para seus próximos jogos para construir programas de esports.

A Ubisoft também oferecerá eventos plug-and-play nas plataformas de escolha dos jogadores, tanto jogando quanto assistindo e diretamente incorporados sempre que possível. Da mesma forma que os torneios Open Series da PlayStation.

“Nossa parceria com a PlayStation para que Rainbow Six Siege faça parte de seus torneios da Open Series é um grande sucesso e uma grande vitrine da atividade de base definitiva”, explicou François-Xavier Deniele. “Isso permite que um público diferente daquele que participa de nossos circuitos profissionais e semiprofissionais se envolva em jogos competitivos e estamos ansiosos para multiplicar oportunidades semelhantes”.

A Ubisoft também disse que seus estúdios de transmissão em Las Vegas, Paris e São Paulo desempenharão papéis fundamentais em suas novas iniciativas no futuro.


Fique ligado no Esports.gg para as últimas notícias e atualizações a respeito de esports.

Traduzido por Giuseppe Carrino

Dustin Steiner - Americas Editor

Dustin Steiner

Americas Editor | Twitter: @GetSteinered

Americas Editor for Esports.gg, Dustin Steiner brings a decade of esports newsroom experience to bring fans what they need to know, helping them keep their finger on the pulse of esports as it happens. When he's not helping run the newsroom, you can find him grinding it out on Smash Ultimate, Final Fantasy 14, or probably binge watching Gundam.