Oitava edição da Pesquisa Game Brasil mostra que o número de praticantes de esportes eletrônicos cresceu mais de 10% em relação à última edição.

A oitava edição da Pesquisa Game Brasil (PGB) apontou para um crescimento de 10,4% no número de pessoas que praticam esportes eletrônicos no Brasil, saltando de 44,9% para 55,4%. A PGB 2021 ouviu 12.498 pessoas entre os dias 7 e 22 de fevereiro deste ano nos 26 estados e Distrito Federal.

A pesquisa também afirma que a prática de esportes eletrônicos entre a maioria dos entrevistados é de forma amadora, uma vez que apenas 30,5% dos praticantes já ganharam dinheiro de alguma forma com os esports. Além do número alto de pessoas que se envolvem com os esportes eletrônicos, 64,3% dos entrevistados já ouviram falar das modalidades competitivas.


Leia também:


Pesquisa Game Brasil mostra os games durante a pandemia de Covid-19

A PGB aponta que a pandemia do coronavírus teve um impacto grande no crescimento de vários índices. Por exemplo, a maioria das pessoas se envolveu mais com games durante o isolamento, seja jogando ou até mesmo gastando dinheiro em transações dentro do jogo.

pesquisa game brasil
Pesquisa mostra como a pandemia de Covid-19 influenciou no comportamento do brasileiro com os jogos.

Outro dado interessante do relatório é o fato de que os smartphones dominam os dados da pesquisa, uma vez que 40,8% dos entrevistados afirmaram que jogam alguma coisa diariamente no celular e somente 7,7% disseram não jogar nada na plataforma mobile.

Além disso, as informações também falam sobre o perfil do jogador de esports no Brasil. Com uma presença cada vez maior no cenário, as mulheres já representam 42,8% da comunidade. Quanto à plataforma em que preferem jogar, 43% afirmou que os consoles são seus favoritos.

Para conferir a Pesquisa Game Brasil completa clique aqui.

Destaque internacional

CBLOL foi o campeonato mais citado do mundo. Foto: Divulgação/Riot Games

Recentemente, o Twitter divulgou dados sobre as conversas sobre esportes eletrônicos na rede social durante o primeiro semestre de 2021. Nesse caso, o Brasil se mostrou como destaque internacional com o CBLOL e LOUD como campeonato e organização mais citadas no mundo.

Flamengo, FURIA e paiN também são organizações brasileiras entre as dez mais citadas ao redor de todo mundo. Gabriel “FalleN” Toledo, awper da Liquid, está no top 10 dos atletas mais mencionados na rede social.

Fique ligado no esports.gg para mais notícias do cenário brasileiro de esport.