Os fãs estão anunciando a aquisição como a salvação de muitos jogos da Activision Blizzard, desde World of Warcraft até Call of Duty e Overwatch.

A Microsoft está pronta para comprar a Activision Blizzard de acordo com relatos que surgiram hoje cedo, dia 18 de janeiro. Em uma notícia divulgada pelo The Wall Street Journal, antes de ser corroborada por uma postagem no site da Microsoft, a desenvolvedora do Windows adquirirá a publisher de jogos como World of Warcraft, Overwatch e Call of Duty, em um negócio de mais de US$ 70 bilhões.

A transação em dinheiro fará com que a Microsoft pague US$ 68,7 bilhões para adquirir o controle da Activision Blizzard. Isso se soma a uma “taxa de separação” adicional de US$ 3 bilhões. O acordo fará com que a Microsoft se torne a terceira maior empresa de videogames em receita do mundo, atrás apenas da Sony e da Tencent.

A mudança também fará com que a Microsoft se torne a força por trás da Blizzard, Activision e King. Isso coloca a Microsoft no controle de várias franquias e IPs icônicas de esports, incluindo Call of Duty, Warcraft, StarCraft, Overwatch, Hearthstone e Major League Gaming. A empresa também herdará Candy Crush, Diablo, Spyro the Dragon, Tony Hawk’s Pro Skater e muitos outros jogos conhecidos.

Microsoft pagou uma pechincha

Microsoft herda uma série de problemas da Activision Blizzard (Foto: Coolcaesar)

Observadores e fãs dos jogos da Activision Blizzard estão cientes dos problemas recentes da empresa. Em meio a amplas alegações de assédio e abuso dentro da empresa, os funcionários fizeram greves e o CEO Bobby Kotick enfrenta alegações em andamento, já que a empresa supostamente esconde o pior de seus problemas.

Além disso, há reclamações dos jogadores de muitos jogos da Activision Blizzard. A base de jogadores em declínio de World of Warcraft é frequentemente franca sobre os muitos problemas do jogo. Os jogadores profissionais de Call of Duty têm reclamações sobre o formato competitivo, e muitas figuras proeminentes odeiam o Warzone.

Tudo isso levou muitos a pensarem que estas são as razões da Microsoft ter consigo fechar um bom acordo. Especialmente porque o preço das ações da Activision Blizzard atingiram um recorde em janeiro de 2021. Apenas para cair no menor valor em três anos em dezembro mesmo ano. Mesmo com essa pechincha, a Microsoft herdará uma infinidade de problemas com a compra.

Otimismo raro para os jogadores

Listando sua equipe de líderes com o comunicado de imprensa, a Microsoft fez uma declaração ousada sobre o futuro da Activision Blizzard (Foto: Microsoft)

Fusões e aquisições não são as notícias mais fascinantes para os jogadores. Mas quando se trata da Activision Blizzard, pode ser a boa notícia que os jogadores esperaram anos para ouvir. A fusão da Activision com a Blizzard em 2008 é o que muitos apontam como o declínio do estúdio criador de Overwatch. A Blizzard daquele período era uma das desenvolvedoras de jogos mais respeitadas.

Outra fusão, para consertar o que deu tão errado, não é algo tão improvável. A Microsoft claramente tem alguma noção do que seus consumidores querem. O Xbox Game Pass já alcançou a marca de 25 milhões de assinantes. O Xbox One vendeu supostamente 50 milhões de unidades, e o chefe do Xbox, Phil Spencer, certamente entende o que faz.

Tudo isso combinado parece sugerir que a aquisição é um movimento na direção certa. Algo raro para a Activision Blizzard nos últimos anos. E embora a criação de um monopólio semelhante ao da Disney que controla todos os jogos seja preocupante, soa como uma boa notícia no momento.

Traduzido por: Giuseppe Carrino

Michael Hassall -

Michael Hassall

| Twitter: @hoffasaurusx

Michael is a UK-based content creator who caught the esports bug in 2010, but took eight years to figure out he should write about it. Throwing away a promising career in marketing and PR, he now specialises in MOBAs, covering League of Legends, Dota 2, and esports in general since 2019. When not glued to tournaments taking place on the other side of the globe, he spends time nurturing an unhealthy addiction to MMOs and gacha games.