A organização anunciou no dia 21 de julho a contratação de dois promissores nomes do skate nacional. Conheça um pouco mais sobre Luizin e Quintas, novos influenciadores da LOUD.

A LOUD, organização de esports brasileira que arrasta uma legião de fãs e lidera uma revolução nos esportes eletrônicos, anunciou no dia 21 de julho a contratação de dois novos nomes para seu extenso grupo de talentos: os skatistas Pedro Quintas e Luiz Francisco, ambos representantes brasileiros nas Olimpíadas de Tóquio.

A contratação mostra mais uma vez a LOUD inovando. Pela primeira vez uma organização do gênero estará presente nos jogos olímpicos e acompanha a estreia da modalidade no maior evento esportivo do mundo. Além disso, a chegada de ambos à organização é reflexo de uma política que vem fazendo sucesso: a de que é possível seguir sonhos e inspirar o mundo com histórias que, quando bem contadas, tocam o coração e o imaginário do público.

A LOUD, além de dominar os esports, tem forte presença no estilo de vida das pessoas. Assim, a chegada de dois nomes promissores do skate reforça ainda mais sua presença dentro desse universo, trazendo ainda um novo público que terá um novo tipo de conteúdo para consumir.

Da origem humilde para as pistas de skate

Natural de Lorena, interior de São Paulo, Luiz Francisco vem de uma família humilde e já passou por momentos difíceis durante a vida. Contudo, depois de uma vida cheia de superações, hoje o atleta vive do esporte que tanto ama e onde brilha. Terceiro melhor do mundo de acordo com o ranking mundial do World Skate – órgão regulador do esporte e reconhecido pelo Comitê Olímpico Internacional, Luizinho foi o primeiro a se classificar na modalidade para as Olimpíadas.

O contato com a LOUD começou justamente no dia de sua classificação. Em 11 de maio, a organização parabenizou o atleta pela conquista e as conversas começaram, até que veio o convite.

Um amor de infância

Por outro lado, Pedro Quintas ganhou seu primeiro skate aos três anos de idade. Com o apoio do pai, que não sabia andar de skate, foi aos poucos aprendendo e logo começou a frequentar as pistas da capital paulista. Logo os treinos ficaram mais sérios e o talento do atleta o levou ao 10º lugar do ranking da World Skate para sua modalidade.

A classificação dos novos influenciadores da LOUD veio durante o Dew Tour, realizado em Des Moines, em Iowa. Mesmo sem avançar para as finais da etapa, a pontuação já garantia a tão sonhada vaga para os jogos olímpicos.

A delegação brasileira já conquistou duas medalhas de prata no skate. Kelvin Hoefler abriu a contagem de medalhas brasileiras em Tóquio, ao ficar em segundo lugar na modalidade Street. Já Rayssa Leal, de apenas 13 anos, parou o país. A “Fadinha do Skate” também garantiu a medalha de prata na modalidade Street e se tornou a brasileira mais jovem a conquistar uma medalha nos jogos.

Por fim, a participação de ambos nas Olimpíadas de Tóquio começa no dia 04 de agosto, quando eles se juntam à Pedro Barros para brigar por medalhas para a delegação brasileira na modalidade Park.

Acompanhe o esports.gg para ficar por dentro de todas as novidades do mundo dos esports.