Segundo o site ge, o banimento ocorreu após um desconhecido mostrar as partes intimas na live do jogador.

Nesta quinta-feira (21), Arthur “Thurzin” Fernandes, jogador do time de Free Fire emulador da LOUD, foi banido da Twitch. Segundo o site ge, o banimento ocorreu após uma live em que o jovem de 15 anos utilizava um site de vídeo ao vivo no qual, em determinado momento, um desconhecido mostrou suas partes íntimas.

Segundo a plataforma Streamer Bans, esse foi o primeiro banimento de Thurzin na Twitch. Ainda não se sabe qual será a duração da punição. Nesta tarde, o jogador falou sobre o ocorrido: “Liberdade vai cantar”.

Thurzin faz parte da Noise, o time de Free Fire emulador da LOUD. Ele é um dos jogadores que soma mais títulos na modalidade: são 11, todos com a Tropa. Só a Dollars (Los Grandes) e Faz o P (paiN Gaming) somam mais troféus do que a Noise, com 12 para cada. 

Na Liga Brasileira de Free Fire, a LOUD conquistou título inédito e garantiu vaga no Free Fire World Series Sentosa 2022. A Tropa está garantida na grande final do torneio, enquanto a Vivo Keyd, vice-campeã da LBFF 7, terá que passar pela fase de play-in.

Para saber mais sobre Free Fire e o mundo dos Esports, fique ligado no Esports GG.

Filed Under
João Vitor Costa -

João Vitor Costa

| Twitter: @Nenaojao

Estudante de jornalismo. Começou recentemente na cobertura de esports e é especializado em League of Legends. Também se aventura no Wild Rift, Valorant e Legends of Runeterra.