A EVO está voltando após um hiato de dois anos com uma nova equipe de proprietários. Como o evento mudará para melhorar a comunidade de jogos de luta?

A Evolution Championship Series, ou EVO, tem sido o evento de jogos de luta mais importante do ano. Como tal, após dois anos sem a realização presencial do torneio, a EVO deste ano será especialmente importante. Não apenas marcará o retorno ao seu formato original, mas também será a estreia da nova equipe de donos da EVO, composta por RTS e Sony.

Essa equipe contratou Rick “TheHadou” Thiher como seu gerente geral, talvez uma das mentes mais brilhantes da comunidade de jogos de luta. Há muito conhecido como a força criativa por trás do Combo Breaker, TheHadou traz consigo mais de uma década de experiência em jogos de luta e planeja expandir o legado da EVO.

Tivemos a chance de conversar com TheHadou para ver exatamente o que mudará no evento deste ano, ver se poderíamos obter mais informações sobre por que a Nintendo não queria Smash no evento e filosofias gerais sendo implementadas nas EVO futuras. Talvez o evento ainda se expanda futuramente? Continue lendo, fã fiel do Esports.gg!

Qual você diria que é o maior benefício para os jogadores com a RTS e a Sony sendo agora as donas da EVO?

TheHadou: Acho que a expectativa que os jogadores podem ter sob o relacionamento da Sony e da RTS é a capacidade de dedicarmos mais foco em tempo integral à EVO a cada ano. Mas também isso nos permite uma oportunidade de realmente olhar para o propósito histórico da EVO e como ela deve existir na comunidade mais ampla. A conectividade e os recursos deles permitem que coisas como eu me tornem um gerente geral do produto e tentem colocar todos os cantos da comunidade de volta em um só lugar para que possamos comemorar coletivamente. Em vez de comemorar individualmente em qualquer um dos produtos ao longo do ano.

Sem Smash? Mas por quê?

Falando dessa conectividade, as coisas com o Smash não deram certo este ano. Você pode falar por que isso não deu resultado com a Nintendo este ano?

TheHadou: Nem toda publisher está interessada que seu jogo seja exibido em todas as oportunidades que se apresentem, por vários motivos. Este ano, a Nintendo teve alguns motivos e, portanto, estamos olhando para o futuro com os jogos que estamos utilizando. Esperamos que no futuro Smash seja um deles novamente.

A Nintendo insinuou se estaria interessada em voltar nos próximos anos?

TheHadou: As conversas com a Nintendo continuam amigáveis.

Steiner: Smash será permitido na área da comunidade de EVO e terá streaming?

TheHadou: A área comunitária da EVO terá organizadores comunitários de acordo com sua preferência. Não temos um stream dedicada para esses jogos, e não sei quais seriam ou não transmitidos hoje. Ainda não abrimos as inscrições – mas adoraria ver todos os jogos possíveis nesse espaço. Vamos descobrir juntos, com base em quem se inscreve e o que acontece.

Criando a lista de jogos de luta dos sonhos para a EVO 2022

Os jogos da EVO 2022 serão SFV, Guilty Gear Strive, MK11 Ultimate, Tekken 7, KOFXV, Melty Blood, Dragon Ball FighterZ, Granblue Fantasy Versus e Skullgirls.

Falando dos jogos que estarão na EVO, o que levou a essas escolhas? Houve algumas escolhas que não vimos como jogos principais antes.

TheHadou: Queríamos representar o maior número possível de subcomunidades. O maior número possível de desenvolvedoras e publishers ativas. Então a EVO poderia continuar servindo como uma vitrine do que o gênero de jogos de luta tem a oferecer.

Você acha que algumas dessas subculturas únicas dentro da FGC (Comunidade de Jogos de Luta) vão aparecer em massa na EVO? Qual é a sua leitura inicial sobre isso?

TheHadou: Eu certamente espero que sim. Estamos saindo de alguns anos sem eventos ativos. Estamos saindo de alguns anos em que alguns desses jogos, como Granblue Fantasy Versus, não tiveram a oportunidade de restabelecerem desde o lançamento. Então, espero que possamos ver muitas delas juntas pela primeira vez, ou talvez uma festa de lançamento atrasada, como no caso de Skullgirls.

Steiner: Alguma previsão ou expectativa antecipada sobre qual jogo recebe mais participantes? Esse jogo terá o privilégio de encerrar a EVO.

TheHadou: Acho que Guilty Gear Strive ou King of Fighters XV estão recebendo o novo aumento de interesse devido a serem recém-lançados. Além disso, eles têm se saído incrivelmente bem em torneios até agora este ano, como CEO, Combo Breaker, ou Frosty Faustings que teve inscrição aberta. Mas nunca se sabe. Poderia acabar com um aumento tardio de interesse em SFV, poderia ver Tekken 7 reunindo um número incrível de participantes internacionais. Também não vemos um torneio de MK11 há muito tempo, e esse é uma das bases de jogadores online mais ativas de qualquer jogo de luta que existe. É uma questão de como as coisas progredirão até o fim de semana do evento em agosto.

O futuro da EVO e da FGC

Tradicionalmente, a EVO é um evento anual em Las Vegas, com alguns eventos no Japão que têm o nome EVO. Agora que a Sony e a RTS se uniram e compraram a EVO, há planos de expandi-la para outras cidades ou realizar outros eventos ao longo do ano?

TheHadou: Por enquanto, estamos focando no evento em agosto, tentando fazê-lo corretamente e levar isso para a próxima versão do que será a EVO em Vegas. A partir daí, eu adoraria ver a marca EVO se expandindo globalmente porque ela tem o maior alcance em jogos de luta. Onde isso chega e o que isso significa, não tenho certeza hoje.

Algo que notei muito na FGC é que sempre há muitos cozinheiros na cozinha, por assim dizer, apenas em termos de número de organizadores, os modos distintos como os organizadores fazem as coisas, os diferentes jogos envolvidos. Já houve alguma conversa entre todos os diferentes organizadores para tentar padronizar as coisas em todo a indústria sobre como esses eventos funcionam e como os jogadores podem participar?

TheHadou: Desde que entrei na comunidade, isso aconteceu mais de uma vez. O que geralmente se segue é a realidade de que este é um ecossistema muito descentralizado. As regiões são muito diferentes, os organizadores são diferentes, os motivos pelos quais estão realizando os eventos também podem ser diferentes. Então, embora isso tenha acontecido de tempos em tempos, não se concretizou para formar-se um único grupo.

Você acha que a RTS e a Sony poderiam ser uma força para ajudar algo assim a acontecer?

TheHadou: Acho que sempre que há um novo elemento em um ecossistema, todos os tipos de mudanças são possíveis. Se esse é um deles em relação à Sony e RTS, não faço ideia – só estou aqui desde janeiro [risos].

É hora da Marvel! Talvez…

Você mencionou recentemente no Twitter para manter a Genki Dama para Marvel vs. Capcom 2 pronta. Percebi que não havia menção a nada como a exibição cancelada do Tournament of Champions, por exemplo. Há algo assim nos planos?

TheHadou: Torneios retrô e Marvel, em particular, estão sempre nos planos. É apenas questão de ver se esses planos vão dar em algo. Num mundo ideal, eu adoraria ver a EVO realizar o Tournament of Champions. Em um mundo ainda mais ideal, eu adoraria ver a EVO começar a celebrar a história do gênero e usar muitos desses jogos mais antigos. Seja de forma pontual ou consistente.

Quais seriam os obstáculos potenciais que impedem isso de acontecer?

TheHadou: Os jogos requerem licenças. Jogos mais antigos potencialmente têm licenças complicadas ou simplesmente não são um ponto focal do ano atual. Além disso, apenas o interesse do consumidor também.

EVO está sob nova gestão – maior e melhor do que nunca

Você pode falar sobre a sensação geral do evento agora que você está nos estágios de planejamento ativo para agosto? As coisas ficarão mais difundidas com o dobro do espaço da convenção ou haverá mais a fazer?

TheHadou: É um pouco dos dois. Temos muito mais espaço para difundir a experiência. Fornecer um pouco mais de conforto para os participantes em geral. Mas, além disso, também queremos aumentar as atividades disponíveis, ou a escala das atividades disponíveis. Portanto, é de particular importância para mim que a EVO tenha a capacidade de dar aos jogadores que estão viajando pelo mundo para jogar, uma grande quantidade de partidas descontraídas e casuais uns com os outros. Assim, a EVO este ano tem um dos maiores espaços casuais já feitos na FGC. É importante para mim que essa área da comunidade possa aumentar e crescer porque há uma grande variedade de jogos de luta e fãs, e não necessariamente se refletem nos 9 jogos para os quais temos tempo no cronograma. Além disso, quero ter certeza de que estamos celebrando de onde vieram os jogos de luta, que é o arcade e a cultura arcade.

Esta é a primeira EVO que terá uma ampla área arcade disponível, para permitir que os participantes vivam essa história conosco em 2022.

Além da área da comunidade e da área arcade, o que mais você planejou para o evento? As finais de domingo serão na arena, por exemplo?

TheHadou: Estamos retornando à arena Michelob Ultra no Mandalay Bay. Vamos mais uma vez apresentar quatro dos jogos da nossa listagem, desta vez sendo os quatro com maior número de participantes pois acredito firmemente que ao assistir um top 8, o jogo que tem mais jogadores eliminados na sala é o que gera mais vibração.

Algo com o qual as pessoas se preocuparam é o preço dos ingressos deste ano, que aumentou substancialmente. Você poderia falar sobre isso, e talvez para onde parte do dinheiro está indo?

TheHadou: A maior parte do dinheiro vai apenas para a ativação em torno do evento. Se olharmos ao redor do mundo, estamos em um ponto em que a gasolina é a mais cara que já vi. Isso se espalha para tudo no evento. Equipamento custa mais, configuração custa mais, espaço custa mais, pessoal custa mais. Se você percorrer a lista, é daí que vêm os aumentos de preços e para onde vai seu dinheiro. Estamos gastando cada centavo que podemos para tornar esta a melhor EVO possível.

Algo que você gostaria de dizer à FGC e ao público de esports mais amplo antes de encerrarmos a conversa?

TheHadou: Joguem mais jogos de luta. Eles são bons para vocês!


Fique ligado no Esports.gg no período que antecede a EVO 2022 para mais cobertura do evento à medida que nos aproximamos dele!

Entrevista feita por: Dustin Steiner
Traduzido por: Giuseppe Carrino

Filed Under
Giuseppe Carrino -

Giuseppe Carrino

Editor, redator, tradutor e entusiasta de jogos hardcore. Joga a série Souls desde antes disso virar moda.