O projeto tem o objetivo de apoiar e fomentar o cenário de esports feminino por meio de uma rede de suporte para profissionalizar jogadoras. 

Nesta segunda-feira (07), o banco Next anunciou a iniciativa “Ela faz o game”, que tem como objetivo de apoiar e fomentar o cenário de esports feminino por meio de uma rede de suporte para profissionalizar jogadoras. O projeto foi co-criado com Nicolle “Cherrygumms” Merhy, CEO da organização Black Dragons e embaixadora do Next, e também contou com a ajuda da 3C, uma gaming partner especializada no desenvolvimento de ações gamers.

Além disso, a iniciativa também conta com um dos principais coletivos de mulheres do esports, o Valkirias, que irá oferecer capacitação e suporte psicológico às mulheres gamers. Também haverá uma estrutura organizada de palestras, campeonatos e redes de apoio para que cada vez mais mulheres conquistem um espaço relevante no campo profissional.

“Tão importante quanto o empoderamento e a mídia, é realizar projetos concretos que dão todo respaldo para que qualquer mulher possa sonhar com esports. Este projeto cria diversas oportunidades e tem potencial de promover uma transformação real do cenário feminino brasileiro de games. Além de trazer campeonatos e ações educativas que irão fazer a revolução no futuro, desde o primeiro dia já temos ações concretas que mudam a realidade imediata das mulheres envolvidas no Ela Faz o Game”.

Cherrygumms, CEO da Black Dragons.

Ela faz o game terá campeonatos, palestras e rede de apoio

O “Ela faz o game” terá três frentes de atuação. A primeira será com um circuito de campeonatos de Free Fire, Valorant e League of Legends. Serão cinco torneios ao todo, realizados de forma online, que acontecerão de março a junho e que contarão com premiação de R$ 10 mil. A apresentação ficará por conta de Cherrygumms, e além disso, o evento terá a participação de streamers e casters convidadas para cada modalidade; Lahgolas, Sher e Ale Maze já estão confirmadas. Também serão convidados times femininos profissionais para os campeonatos. Dessa forma, os novos talentos do cenário poderão ganhar experiência disputando com atletas de alto nível.

A segunda frente de atuação é a produção de workshops e palestras ministradas por pro players, managers, coachs e outras profissionais, tudo de forma gratuita. Já a terceira é uma rede de apoio com profissionais especializadas em psicologia, fisioterapia e nutrição para atender de forma gratuita mulheres do cenário de esports do Brasil. O agendamento será feito mensalmente e o atendimento será 100% online.

Fique ligado no esports.gg para as últimas notícias e atualizações dos esports.

João Vitor Costa -

João Vitor Costa

| Twitter: @Nenaojao

Estudante de jornalismo. Começou recentemente na cobertura de esports e é especializado em League of Legends. Também se aventura no Wild Rift, Valorant e Legends of Runeterra.