A SG Esports fez história ao se tornar a primeira equipe totalmente brasileira a se classificar para o The International, da Valve. A classificação foi uma surpresa para muitos.

As Qualificatórias Sul-Americanas para o TI terminaram com uma grande reviravolta. Enquanto a maioria esperava que a NoPing, favorita à vaga, triunfasse, tivemos uma grande surpresa e a SG Esports garantiu a única vaga para o The International 10.

SG celebra após qualificatória

Surpresas na competição, SG domina e se destaca

A SG Esports teve, sem sombra de dúvidas, um duro caminho –  até mesmo mais difícil do que o dos vencedores do EEU Spirit. A equipe não se qualificou para nenhum dos dois últimos majors, com a América do Sul tendo apenas duas vagas e nenhum Wildcard. Assim, apenas os melhores da região conseguiriam se classificar. Além disso, nenhum dos jogadores do elenco jamais esteve no TI, incluindo Adriano de Paula “4dr” Machado, jogador de 27 anos e mais experiente da equipe. Mas a SG foi perseverante e conseguiu a tão sonhada vaga, enfrentando uma concorrência feroz.

A equipe favorita para a vaga era a NoPing, que surgiu do nada na última temporada do Dota Pro Circuit (DPC) e destronou a beastcoast, se tornando os reis da América do Sul. Porém, no torneio eles caíram imediatamente na “lower bracket” para a Infinity. Em seguida, eles conseguiram continuar na competição até enfrentarem o Team Unknown, que tem ganhado força desde que contrataram o carry Christian “Pakazs/Angel” Savina.

Por outro lado, a SG Esports não encontrou dificuldades na “upper bracket”, dominando quase todas as equipes, exceto a Binomistas. Eles foram capazes de vencer facilmente a Infinity na bracket e, em seguida, enfrentar os fortes Team Unknown nas grandes finais do torneio. Assim como no resto do torneio, a SG dominou: eles só perderam o primeiro jogo e isso parecia ser necessário para descobrir como vencer seus adversários.

“A equipe que vimos é o resultado de mais de um ano de trabalho árduo e melhorias, e que finalmente clicou nas Eliminatórias”

MRAVO+, ANFITRIÃO DAS Eliminatórias SA TI10

MrAvo+: “Estou feliz que a SG Esports alcançou o que acredito ser seu verdadeiro potencial”

“Eu diria que a equipe que vimos nas é o resultado de mais de um ano de trabalho árduo e melhorias, e que finalmente clicou nas Eliminatórias”, disse MrAvo+, que sediou a transmissão oficial das Eliminatórias da América do Sul.

“Eles são uma das equipes mais habilidosas da América do Sul, todos os seus jogadores são lendários e a única coisa que os atrasou durante a segunda temporada foi a mentalidade. Havia algo que não estava funcionando para eles como uma equipe, eles tinham um começo de jogo incrível, tinham bons drafts e, aparentemente, perdiam tudo no meio do jogo sem nenhuma razão além de inconsistência.”

“Nas classificatórias fechadas, eles corrigiram essa inconsistência, entraram nas cabeças e nós vimos eles brilharem como deveriam ter feito o tempo todo. Ouvi dizer que o treinador deles tem grande papel nisso, ou talvez ter mais tempo com Tavo os ajudou a encontrar a coesão que precisavam. É óbvio que eles tiveram algum tipo de bloqueio mental que foi destruído durante as classificatórias fechadas. Estou feliz que a SG Esports alcançou o que acredito ser seu verdadeiro potencial.”

O primeiro elenco totalmente brasileiro a se classificar para o TI

A vitória é histórica para o Dota Sul-Americano. A SG será a primeira equipe brasileira a competir na TI. O único representante brasileiro a chegar ao The International foi a Pain Gamint na TI8, porém, eles competiram com um jogador romeno, Aliwi “w33haa” Omar.

Na ocasião, a Pain Gaming infelizmente terminou em último lugar, mas um dos jogadores voltará ao TI este ano com a SG Esports, Otávio “Tavo” Gabriel. Enquanto o TI8 marcou a primeira vez em que brasileiros competiram na TI, o TI10 é uma oportunidade de ouro para o maior resultado da história da região.

Ainda temos mais 4 qualificatórias regionais por vir e alguns outros torneios ainda mais competitivos que podem eliminar os favoritos dos fãs que competiram na TI. Para a cobertura completa das classificatórias, fique ligado no esports.gg

Tradução: Alexandre Silva

Christian Decker -

Christian Decker

Christian is a student from Schenectady, New York, studying at Albany Law School. He is an avid gamer, writer, podcaster, and content creator who is passionate about Dota 2 and music!