Fly retorna para assumir sua posição como capitão do EG depois de algum tempo fora.

Tal “Fly” Aizik está de volta como capitão do Evil Geniuses. O retorno do jogador de suporte à organização norte-americana foi anunciado nas redes sociais na noite de domingo, 29 de maio.

O retorno termina a pouco mais de seis meses longe do elenco do Evil Genius. Durante esse período, Fly se juntou à Talon Esports do Sudeste Asiático, junto com Kim “Gabbi” Villafuerte, para uma única temporada de DPC. Essa passagem terminou em uma falha na promoção para a Divisão I da Talon Esports, apesar de uma forte exibição nas eliminatórias do Open.

Agora, Fly está de volta à EG, preenchendo o lugar de Jesse “JerAx” Vainikka, cuja saída foi anunciada logo após a eliminação de EG do Major de Estocolmo.

O retorno de Fly à EG

O retorno não é um choque para muitos fãs de EG e da comunidade de Dota 2. Embora ninguém possa culpar o desempenho da EG regionalmente, com o primeiro lugar no Tour 2, seus resultados internacionalmente foram medíocres.

No Major de Estocolmo, EG caiu na fase de grupos, tendo apenas conseguido tirar um jogo do beastcoast e do BOOM Esports. A equipe não havia vencido uma única série, apenas reivindicando placares de 1 a 1. Isso parecia indicativo de uma equipe que não poderia se apresentar no cenário internacional. O desempenho internacional é algo que todas as equipes de Dota esperam agora com a TI11 chegando no futuro.

Como resultado, JeraX foi substituído, aparentemente por uma mercadoria testada e confiável para EG. Fly levou EG ao The International todas as temporadas em que competiu com a equipe.

Por que não mais mudanças?

Mas embora esta não seja uma contratação chocante, controversa e importante que a sua primeira contratação com a EG, o retorno de Fly deixa algumas perguntas. O mais notável para alguns fãs é “por que o treinador Kanishka “BuLba” Sosale” ainda tem um emprego?” Muitos fãs apontaram os drafts de BuLba como a razão por trás das dificuldades do EG no Major de Estocolmo.

Seja qual for o motivo, a EG acredita claramente que esta fórmula testada e comprovada é a melhor. Os olhos de todas as equipes estão na TI neste Tour final, e a EG quer um melhor desempenho no Arlington Major e no TI11.

Filed Under
Michael Hassall -

Michael Hassall

| Twitter: @hoffasaurusx

Michael is a UK-based content creator who caught the esports bug in 2010, but took eight years to figure out he should write about it. Throwing away a promising career in marketing and PR, he now specialises in MOBAs, covering League of Legends, Dota 2, and esports in general since 2019. When not glued to tournaments taking place on the other side of the globe, he spends time nurturing an unhealthy addiction to MMOs and gacha games.