frostezoR e WOOD7, semifinalista do CBCS, falaram à transmissão oficial da competição após o jogo: frotezoR falou sobre a escolha de mapas, e WOOD7 elogiou seu companheiro de equipe.

Nesta sexta-feira (25), a DETONA e Bravos garantiram a classificação às semifinais do CBCS Retake Series Season 1. As equipes derrotaram a FURIA Academy e Bravos, respectivamente, para avançar de fase na principal competição do CS:GO brasileiro.

Após os jogos, Cássio “frostezoR” Bergamo, jogador da DETONA, e Adriano “WOOD7” Cerato, da Bravos, falaram a respeito das partidas que venceram. Durante a transmissão oficial do CBCS, os jogadores deram algumas palavras para os fãs do CS:GO nacional.

Para frostezoR, a escolha de mapas da FURIA não surpreendeu a DETONA, que “estava preparada” para enfrentar o adversário no mapa; WOOD7 falou sobre o interesse da Bravos na contratação de Leonardo “Leomonster” Enrique.

As semifinais do CBCS Retake Series serão realizadas neste sábado (26). Paquetá Gaming, Havan Liberty, DETONA e Bravos jogam por duas vagas na decisão do campeonato.

cbcs
frostezoR falou que a escolha da FURIA Academy não surpreendeu a DETONA. Foto: Reprodução/Felipe Guerra

DETONA não se surpreendeu com a escolha da Mirage

FrostezoR falou após a vitória da DETONA sobre a equipe da FURIA nas quartas de final do CBCS. O jogador falou sobre a escolha de mapas da série que classificou sua equipe à semifinal da competição.

Segundo o atleta, a DETONA estava esperando jogar a Overpass e não a Mirage. No entanto, frostezoR afirmou que a equipe não se surpreendeu, uma vez que o elenco se via preparado para jogar no mapa.

“A gente estava esperando por Overpass que é um mapa que a FURIA gosta muito de jogar, só que a gente também vinha de bons resultados na Overpass. Não sei [se a escolha da Mirage] foi porque eles estavam bem na Mirage ou se foi porque eles quiseram surpreender nosso time. Eles escolheram a própria Mirage, mas a gente tava bem preparado”, disse frostezoR.



Semifinalista do CBCS, WOOD7 elogia Leomonster

WOOD7 falou após o jogo contra os argentino da Meta Gaming. Durante sua fala, o jogador aproveitou para elogiar seu companheiro Leomonster, destaque da partida no CBCS. WOOD7 ainda revelou que a Bravos já tinha interesse no jogador, mas que não conseguiu fechar no começo de 2021.

“No inicio do ano a gente já se interessava pelo nome dele (Leomonster) e do Enzo “xns” Henrique, do Santos. A gente até procurou os dois, mas a gente não conseguiu fechar, finalizar a compra. Ficamos com o Mateus “supLex” Miranda, depois entrou o Kaique “kaiG” Guidotti só que quando ele saiu, tínhamos o nome do Leomonster como cartada, porque nosso interesse vinha desde de janeiro. Foi tranquilo, já tínhamos certeza que seria ele. Em nenhum momento a gente testou ele porque a gente estava seguro que era o jogador certo para nós”, contou WOOD7 em entrevista após o jogo da Bravos no CBCS.

Era o jogador certo para nós

WODD7 SOBRE LEOMONSTER

Fique ligado no esports.gg para mais notícias sobre esports e CS:GO.

Bruno Martins -

Bruno Martins

| Twitter: @yo_brunoM

Jornalista. Na cobertura de esports desde 2018 e especializado em jogos de FPS como CS:GO e Rainbow Six.