O brasileiro Peacemaker fez uma crítica direcionada às organizadoras de torneios por utilizar já o novo patch do CS:GO.

As últimas atualizações agitaram o cenário internacional de CS:GO. Com mudanças importantes no meta do jogo, diversos profissionais se manifestaram a respeito do assunto. Além disso, a nova atualização será utilizada em campeonatos importantes, e o treinador brasileiro Luis “Peacemaker” Tadeu fez críticas quanto a isso; veja.

A ESL já divulgou que a IEM Fall, último evento RMR antes do PGL Stockholm, será disputado com o mais novo patch do CS:GO lançado pela Valve nesta semana. “Em relação à recente atualização do CS:GO na IEM Fall: como um torneio sancionado pela Valve, o IEM Fall será executado na versão mais recente do CS:GO”, disse a organizadora do torneio em comunicado.

Peacemaker disse, em seu perfil no Twitter, que uma grande atualização como essa antes de campeonatos importantes como RMR e a BLAST Premier, irá dificultar a vida dos profissionais. O profissional ainda citou outras equipes que vão ter dificuldades de treinamento para essas competições como é o caso da IEM Fall.

“No geral, eu amo atualizações, mudanças de meta e tudo o que vem com isso. No entanto, uma grande atualização um pouco antes de um RMR e BLAST Premier torna quase impossível para nós [da Complexity], Natus Vincere e OG praticar e se acostumar com as mudanças antes dos eventos mais importantes do ano”, disparou Peacemaker no seu perfil na rede social.

peacemaker

Continue ligado em esports.gg para as últimas notícias e atualizações de CS:GO.

Filed Under
Bruno Martins -

Bruno Martins

| Twitter: @yo_brunoM

Jornalista. Na cobertura de esports desde 2018 e especializado em jogos de FPS como CS:GO e Rainbow Six.