MIBR sofre sua primeira derrota na fase do formato suíço da Pinnacle Cup. Equipe brasileira aguarda resultados da segunda rodada para saber seu próximo adversário.

Depois de vencer a HAVU na estreia da Pinnacle Cup II, o MIBR voltou aos servidores para disputar a série contra os britânicos da ENDPOINT. Em jogo disputado nesta segunda-feira (5), os brasileiros sofreram sua primeira derrota na competição: 2-1.

Com a derrota, o MIBR irá jogar a rodada de “meio”, que conta com equipes que perderam e venceram uma vez. O próximo adversário dos brasileiros ainda não foi definido.

mibr

Derrota no último momento

O jogo começou na Ancient, mapa mais recente da rotação competitiva, e nada bom para os brasileiros comandados por Gustavo “yeL” Knittel. Com uma primeira metade muito apagada, o quinteto do Brasil viu a derrota sendo construída de pouco em pouco pela ENDPOINT. O resultado de 13-2 colocou o MIBR em estado de alerta.

Na segunda metade, o jogo mudou completamente. No lado CT, os brasileiro começaram a dominar o jogo. O placar foi diminuindo aos poucos e o MIBR chegou no jogo. No entanto, a caminha rumo à vitória não foi bem sucedida. Isto porque no último round, que decidiu a vitória, os brasileiros não conseguiram vencer e foram derrotados por 16-14.

MIBR volta ao jogo na Overpass

A Overpass também começou ruim para os brasileiros do MIBR, que viram os britânicos abrirem cinco pontos de vantagem no TR, lado desfavorável do mapa. Ricardo “boltz” Prass e companhia, diferente do primeiro mapa, voltaram ao jogo ainda na primeira metada e fez uma parttida mais disputada até o seu final.

Final esse que terminou apenas na prorrogação. Depois de um afterplant emocionante, no qual o MIBR venceu por muito pouco o jogo foi ao overtime. No tempo extra, os brasileiros se viram em uma equipe muito equilibrada que precisou de duas prorrogações para que Boltz e seus companheiros fechassem o mapa em 22-20.

Em Vertigo dura, MIBR cai diante dos britânicos

O MIBR tinha a chance de vencer, mas quando tinha o match point, não soube lidar com a pressão e fechar o jogo. Com isso, os brasileiros viram os britânicos chegaram, empatarem e levar o jogo para o overtime, após um jogo pegado onde cada time venceu uma metade por 8-7.

Na prorrogação, a história foi um pouco diferente. A ENDPOINT não encontrou as dificuldades que enfrentou durante o tempo regulamentar e facilmente aplicou 4-1 e levou a partida após vitória por 19-16.

Fique ligado no esports.gg para mais notícias sobre esports e CS:GO.

Bruno Martins -

Bruno Martins

| Twitter: @yo_brunoM

Jornalista. Na cobertura de esports desde 2018 e especializado em jogos de FPS como CS:GO e Rainbow Six.