JKS parece estar preso na Complexity, que não recebeu ofertas por ele apesar dele ter jogado bem no IEM Katowice.

Justin “JKS” Savage, o único jogador substituto que a FaZe foi forçada a colocar em campo no IEM Katowice, ainda é da Complexity. Apesar do status de estrela do jogador mesmo antes de seu desempenho de destaque aqui neste IEM com a FaZe, veio à tona que não houve ofertas por ele para sua equipe.

“JKS quer viver e jogar na UE. Nós o mantivemos com um salário e garantimos seu visto, mas ainda não recebemos ofertas”, disse Jason Lake, fundador e CEO da Complexity. “Espero que este evento desperte algum interesse porque ele obviamente ainda é uma estrela e merece uma equipe”.

JKS no IEM Katowice: um desempenho de peso

Que JKS ainda é uma estrela é nivelar a situação por baixo, especialmente se você olhar para o desempenho dele no IEM Katowice. Em 10 mapas com a FaZe, ele conseguiu impressionantes 75,8 de dano por rodada, apenas 0,64 mortes por rodada e 75,3% de assistência nos abates. Embora isso esteja longe de ser o melhor resultado do torneio, JKS teve ótimos momentos Clutch e certamente ajudou a FaZe a garantir a vitória.

JKS realmente teve um desempenho acima de sua média, de acordo com a HLTV, especialmente na assistência de abates. Isso significa que ele foi fundamental na criação de abates para seus companheiros de equipe da FaZe.

Para onde JKS irá a seguir?

Isso só mostra que no ambiente de equipe certo, ele ainda pode ter sucesso e não merece estar no banco da Complexity.

Outros no cenário apontaram que Evil Geniuses poderia ser um lar em potencial para JKS. No entanto, parece que não é o caso pois JKS prefere ficar na UE.

“Bom contexto, já que tuitaram para tê-lo na EG também. Não somos da UE. Orgulhosamente”, disse o diretor de excelência de jogos da Evil Geniuses, Danny Engels.

Não está claro exatamente por que a Complexity colocou JKS e Patrick “es3tag” Hansen na reserva em novembro de 2021. Na época, a equipe não especificou seu raciocínio para fazer isso. Eles afirmaram que permaneciam comprometidos com o CS:GO e estavam avaliando opções para 2022. Mais tarde, escolheram uma equipe cuja base está principalmente na AN com Johnny “JT” Theodosiou, Justin “FaNg” Coakley, Ricky “floppy” Kemery, Michael “Grim” Wince e Paytyn “júnior” Johnson.

Até agora, esse novo elenco da Complexity não impressionou. Eles ficaram em 10-12º no Blast Premier Spring Groups, em 7º no Fragadelphia 16, e só ficaram em 3º/4º no ESL Challenger #48.

Valor para Comprá-lo

Alguém poderia pensar que a Complexity pode querer usar JKS, já que ele ainda está recebendo um salário. No entanto, pode ser que JKS simplesmente não queira jogar com o time da AN, e em vez disso, espera que alguém pague para tirá-lo da equipe.

Jason Lake não especificou qual o valor para comprar JKS, mas seu desempenho na IEM Katowice dá à Complexity margem considerável para negociar um valor elevado. Resta saber se essa compra pode valer o investimento para uma organização em busca de uma estrela.

Para JKS, porém, ele está feliz por ter vencido o IEM Katowice desde que começou a competir com no evento desde 2015. E pensar que ele nem teria jogado se Havard “Rain” Nygaard não tivesse testado positivo para COVID mais uma vez antes das finais.

Quanto ao que fará em seguida, ele não tem certeza. Como relatou na coletiva de imprensa após o jogo:

“Estou apenas relaxando. Só esperando as pessoas entrarem em contato comigo, eu não sei, ninguém realmente entrou em contato comigo, mas… quem quiser entrar em contato comigo, estou no Twitter. Estou esperando para ver o que acontece”.

JKS sobre seu próximo passo.

Contratem ele, equipes de CS:GO.


Para todas as novidades de CS:GO enquanto nos dirigimos para o próximo Major, fique ligado no Esports.gg.

Traduzido por: Giuseppe Carrino

Dustin Steiner - Americas Editor

Dustin Steiner

Americas Editor | Twitter: @GetSteinered

Americas Editor for Esports.gg, Dustin Steiner brings a decade of esports newsroom experience to bring fans what they need to know, helping them keep their finger on the pulse of esports as it happens. When he's not helping run the newsroom, you can find him grinding it out on Smash Ultimate, Final Fantasy 14, or probably binge watching Gundam.