Os brasileiros da FURIA garantiran a vaga na decisão da Gamers Without Borders 2021. A equipe derrotou a ENCE por 2-1 para alcançar o feito e irá enfrentar a BIG na final.

Os fãs brasileiros de CS:GO estão felizes. Isto porque a FURIA garantiu a vaga na grande final da Gamers Without Borders. Na noite de sábado (26), a FURIA enfrentou a ENCE, pela Gamers Without Borders (GWB), na semifinal. Num jogo extremamente emocionante, decidido até o último mapa, Fúria garante a vitória e avança para a final, jogando contra a BIG.

Os mapas escolhidos foram Mirage, escolhida pela equipe da FURIA, Ancient, escolhida pelo time da ENCE. O mapa decisivo foi o Vertigo, trazendo toda a emoção da partida.

Para quem não conhece, a GWB é um campeonato beneficente, onde toda a premiação é doada para uma instituição escolhida pela equipe. A premiação total é de U$S 1,5 milhão de dólares, dividido por todos os oito participantes.

De virada, brasileiros garantem classificação em série emocionante

Toda a partida foi bastante intensa, trazendo um misto de emoções para os torcedores da FURIA. O primeiro mapa, Mirage, que foi escolhido pela equipe brasileira, foi bastante complicado, trazendo uma vitória para a equipe rival.

  • ENCE 16 x 8 FURIA

Você pode conferir os melhores momentos do mapa abaixo:

No segundo mapa, na Ancient, a FURIA apresentou uma defesa bastante forte e conquistou uma pequena vantagem contra o rival, terminando a primeira metade com nove pontos. Depois da virada de lados, a FURIA surpreendeu a ENCE e fez ataques completamente dominantes e rápidos para vencer o mapa.

  • ENCE 9 x 16 FURIA

Os melhores momentos da partida foram os seguintes:

No entanto, no mapa final, parecia que a FURIA havia sido engolida pela ENCE. Logo no início, o adversário abriu seis pontos consecutivos, trazendo uma vantagem muito grande em cima do time brasileiro. No entanto, a FURIA se recuperou e virou a rodada e conseguiu ficar na vantagem durante a primeira metade do mapa, terminando com oito pontos. No fim, os brasileiros se mostraram superiores e num ataque feroz, conseguiu vencer a equipe adversária e garantir sua vaga na final.

  • ENCE 11 x 16 FURIA

Se quiser assistir os melhores momentos desse último mapa, confira abaixo:



“Não é só pela FURIA”

O jogador Andrei “arT” Piovezan foi eleito o MVP da partida, com um K/D de 70/49 e com 37 abates usando a AWP. Além disso, o arT deu uma entrevista aos organizadores e falou um pouco sobre o seu estilo de jogo misto, jogando algumas vezes bem agressivo e outras como um suporte para todo o time.

Ao final da entrevista, arT mandou um recado para todos os torcedores da FURIA.

“Rapaziada, só agradecer pela torcida e pelo apoio de todo mundo. Porque não é só pelo apoio pela FURIA, mas também porque é um torneio beneficente, por boas causas, causas humanitárias, como todo mundo sabe. Acho que vão ser 600 mil dólares de premiação [para o primeiro colocado], é muita coisa e para muita gente. Então vou deixar apenas o meu obrigado, para a Tribo ou para quem está acompanhando por outras streams, torcendo por nós e apoiando o evento. Tamo junto e vamos de final”, disse.

No domingo (27), às 11 horas (horário oficial de Brasília), a FURIA volta ao jogo e enfrenta a equipe da BIG, para disputar o título. Você pode conferir no canal oficial da Gamers Without Borders, pela Twitch.

FURIA

Fique ligado no esports.gg para mais notícias sobre esports e CS:GO.

Bruno Martins -

Bruno Martins

| Twitter: @yo_brunoM

Jornalista. Na cobertura de esports desde 2018 e especializado em jogos de FPS como CS:GO e Rainbow Six.