A organização russa se pronunciou depois de ter sido impedida de disputar a ESL Pro League Season 15.

Na última quarta-feira (02), a ESL informou em comunicado oficial que não irá permitir a participação de times com base na Rússia na Pro League Season 15. Na mesma nota, a organizadora diz que a Virtus.pro e Gambit serão afetadas pelo critério. Em resposta a esta decisão, a VP se pronunciou enfatizando sua insatisfação.

Virtus.pro expressa insatisfação com a decisão da ESL

A Virtus.pro revelou que a ESL chegou a solicitar informações legais e financeiras para aferir se a organização entrava no critério para sofrer sanções, e no fim das contas, a organização acabou sendo punida. A VP também diz que a decisão é um exemplo de “cultura do cancelamento”. 

A decisão da ESL diz que os jogadores dos times alvos de sanções não serão afetados pela punição, mas eles não podem representar suas respectivas organizações ou mesmo seus países de origem. A VP diz que liberou seus jogadores para disputar o torneio se assim o desejarem. Confira um trecho do comunicado.

“Não podemos tolerar esse tipo de comportamento. Não há motivos racionais para nos suspender de torneios, além do preconceito e da pressão exterior. Isso aconteceu em Dubai em um evento da WePlay (campeonato de Dota 2), e continua acontecendo.

A ESL ofereceu que nossos jogadores atuassem sob uma bandeira neutra, com outra tag e sem camisas de clube. A ESL se recusa a se comunicar com a administração do clube, preferindo conversar diretamente com os jogadores.

Estamos vendo um exemplo ótimo da ‘cultura de cancelamento’. Entretanto, nesse caso, não há ultimatos que deveriam nos empurrar para certas ações. É por isso que não vamos responder a essa agressão com nossa própria agressão de proibir os jogadores de participarem desse torneio. Eles gastam muito tempo para serem jogadores profissionais, e ao contrário de algumas organizadoras, nós não estamos dispostos a invalidar os esforços dos outros. Nossos jogadores sempre serão ‘Os Ursos’. Se eles decidirem jogar no torneio, nós apoiaremos a decisão.”

Nesta quarta-feira (04), a Gambit e a Virtus.pro foram retiradas do ranking mundial organizado pela ESL. A primeira equipe ocupava a terceira posição e a segunda estava na sétima. A Pro League Season 15 está marcada para começar no dia 9 de março.

Para todas as novidades de CS:GO enquanto nos dirigimos para o próximo Major, fique ligado no Esports.gg. 

Filed Under
João Vitor Costa -

João Vitor Costa

| Twitter: @Nenaojao

Estudante de jornalismo. Começou recentemente na cobertura de esports e é especializado em League of Legends. Também se aventura no Wild Rift, Valorant e Legends of Runeterra.