O PLANO se garantiu na final da DreamHack Open NA 2021 ao bater a equipe norte-americana da Party Astronauts nesta sexta-feira (2), por 2×1. Os brasileiros agora esperam o jogo entre paiN e Extra Salt para saber quem enfrentará na grande final do sábado (3). Em partida de três mapas, os brasileiros jogaram Mirage, Nuke […]

O PLANO se garantiu na final da DreamHack Open NA 2021 ao bater a equipe norte-americana da Party Astronauts nesta sexta-feira (2), por 2×1. Os brasileiros agora esperam o jogo entre paiN e Extra Salt para saber quem enfrentará na grande final do sábado (3).

Em partida de três mapas, os brasileiros jogaram Mirage, Nuke e Inferno para vencer os americanos. Vale lembrar que a equipe d’O PLANO possui um sexto jogador, logo eles rotacionam um player em cada mapa. No caso da Mirage, quem ficou sem jogar foi Alencar “trk” Rossato, na Nuke foi Henrique “HEN1” Teles e na Inferno foi a vez de Lucas “LUCAS1” Teles assistir de fora. Confira um resumo da partida.

Começo ruim d’O PLANO na Mirage

A Mirage foi a escolha d’O PLANO para essa MD3. Aqui, o jogo foi bem equilibrado, com os brasileiros fazendo o pistol, mas tomando o forçado e o primeiro armado, ficando atrás do placar. Jogando do lado TR os brasileiros ficaram atrás do placar durante toda a primeira metade, mas, trocando rounds com a equipe adversária, conseguiu terminar perdendo apenas por 8×7.

Do lado CT O PLANO novamente fez o pistol, mas tomou o forçado e não conseguiu encaixar o jogo e a Party Astronauts abriu 15×10 para encaminhar o mapa. O PLANO até tentou uma reação, mas não foi o suficiente e o mapa ficou com os norte-americanos, que fecharam ganhando por 16×13. HEN1 foi o destaque do servidor, uma vez que mesmo perdendo, o Jacaré conseguiu um rating de 1.61, ficando acima de Ben “ben1337” Smith, da Party Astronauts, que finalizou a Mirage com rating de 1.22.

A volta por cima na Nuke

Escolha da Party Astronauts, a Nuke começou com os norte-americanos do lado TR levando a vantagem no pistol e no forçado, mas os brasileiros se recuperaram no terceiro round e, com grande atuação de Vito “kNgV-” Giuseppe, conseguiu encaminhar o mapa finalizando o half ganhando por 11×4.

Já do lado CT, a Party Astronauts conseguiu demonstrar uma reação mesmo perdendo o pistol e diminuiu a diferença, fazendo 5 pontos, mas O PLANO não quis entregar a vaga na final para os americanos e fechou o mapa sem grandes sustos por 16×9. kNgV-, o IGL dos brasileiros, se destacou no mapa com rating de 1.33. Wesley “viz” Harris foi quem tentou evitar a derrota com rating de 1.06.

Inferno para garantir a vaga na final

A Inferno foi mais um mapa em que O PLANO ganhou o pistol e perdeu o round seguinte. Com isso a Party Astronauts até parecia encaminhar uma primeira metade superior ao ganhar o primeiro armado, mas os brasileiros conseguiram encaixar o jogo com um ritmo acelerado sendo ditado por Leonardo “leo_drk” Oliveira para conseguir uma recuperação e fechar o primeiro half na vantagem por 8×7. Na virada dos lados, a Party Astronauts saiu na frente, conseguindo uma sequência absurda de ataques rápidos. Tanto que, o jogo chegou a ficar 13×9 para a equipe da Party Astronauts. 


Portanto, tudo mudou na rodada 23, quando Leonardo “leo_drk” interrompeu o plant. Depois disso, o jogo começou a ser ditado pela defesa d’O PLANO, que interrompeu qualquer tentativa de ataque. Por fim, o jogo terminou em 16×14, com uma rodada feita no bomb B, onde os jogadores Leonardo “leo_drk” e Vinicius “v$m” controlaram a situação e fizeram a festa da torcida brasileira.

Fique ligado no esports.gg para mais notícias sobre esports e CS:GO.