A FURIA venceu a SKADE na final da Elisa Invitational Summer 2021 e sagrou-se campeã da competição.

A FURIA se consagrou campeã do torneio Elisa Invitational Summer 2021 neste domingo (4) ao bater a equipe SKADE por 2×1. Em jogo de altos e baixos, os brasileiros conseguiram vencer a Overpass e a Mirage, depois de um susto enorme na Inferno.

furia

Confira um resumo do jogo.

Susto na Overpass

Escolha da SKADE, a Overpass começou com a FURIA do lado CT ensaiando uma vitória fácil. Os brasileiros ganharam o pistol e o forçado, mas perderam o primeiro armado. Apesar do susto a FURIA encaixou o seu jogo e conseguiu emplacar muitos rounds, fechando a primeira metade com uma vantagem de 13×2. Do lado TR os brasileiros não conseguiram repetir o bom nível e deixaram a SKADE devolver o espanco do primeiro half, consequentemente, levando o jogo para a prorrogação.

Com o pause para o primeiro overtime, Nicholas “guerri” Nogueira conseguiu organizar a FURIA, para trazer o mapa com um 19×15. Kaike “KSCERATO” Cerato fez a diferença pelo lado brasileiro com rating de 1.42. Já pelos búlgaros, quem brilhou foi Georgi “SHiPZ” Grigorov, que com um rating de 1.11 conseguiu liderar seu time até a prorrogação.

O espanco na Inferno

A Inferno foi a escolha da FURIA, uma vez que o time sempre se sentiu confortável neste mapa que favorece um estilo agressivo de jogo. Contudo, os brasileiros provavelmente não sabiam que nas últimas 27 Infernos jogadas pela SKADE, os búlgaros venceram em 21 oportunidades. A FURIA começou do lado TR e simplesmente não conseguiu trocar com a SKADE. A primeira metade terminou de 14×1 para os búlgaros.

Jogando do lado CT, os brasileiros não conseguiram replicar uma remontada como a SKADE havia feito na Overpass. A FURIA chegou a fazer alguns pontos, mas em nenhum momento assustou os búlgaros, que fecharam a Inferno em 16×4. Denislav “dennyslaw” Dimitrov foi o pesadelo brasileiro, conseguindo um rating de 1.79 no mapa. Pela FURIA, Andrei “arT” Piovezan foi o que teve uma atuacão “menos pior”, com rating de 0.83.

A retomada da FURIA na Mirage

Após o espanco na Inferno, era esperado que a FURIA pudesse vir abalada para o decider que foi a Mirage. Contudo, isso não aconteceu, uma vez que os brasileiros vieram do lado CT conseguindo emplacar um 11×0. Mesmo perdendo alguns rounds, a FURIA virou para o lado TR ganhando de 13×2.

Os brasileiros precisavam apenas de 3 rounds para garantir o título. A SKADE precisava tentar repetir o feito da Overpass, mas logo de cara os búlgaros perderam o pistol, o que complicou uma retomada. Os brasileiros precisaram apenas administrar os rounds seguintes, para conseguir fechar o mapa por 16×2. O maior rating do servidor foi de KSCERATO, mas o destaque fica com Lucas “honda” Honda, que depois de amargar um rating de 0.18 na Inferno, não se abalou e conseguiu retornar na Mirage com um rating de 1.51.

Após este título do Elisa Invitational. A FURIA volta aos servidores na semana que vem na IEM Cologne 2021. O torneio começa no dia 6 de julho, com a fase de play-in, e termina no dia 18. O torneio marcará a volta de grandes campeonatos de CS:GO em LAN.

Fique ligado no esports.gg para mais notícias sobre esports e CS:GO.

Filed Under