O CBCS tem seus primeiros classificados à semifinal da competição: Paquetá e Havan Liberty. Após a classificação, nython e sidde comentaram a classificação e o confronto que acabaram de disputar.

As duas primeiras equipes classificadas aos playoffs do CBCS Retake Series Season 1 foram definidos ontem (23). As equipes da Paquetá Gaming e Havan Liberty venceram seus jogos e carimbaram presença nas semifinais da competição que serão disputadas no próximo sábado (20).

Após o jogo, nython, jogador da Paquetá e sidde, treinador da Havan Liberty, falaram à transmissão oficial do CBCS sobre os confrontos que disputaram na última quarta (23). Pela Paquetá, nython falou sobre a escolha de Dust 2 por parte da INTZ, equipe que já enfrentaram em um jogo decisivo. Enquanto isso, sidde, da Havan Liberty, citou uma equipe desligada no confronto contra a KG durante a primeira metade de Inferno.

nython fala sobre o confronto da Paquetá contra a INTZ no CBCS Retake Series

No início do mês, a Paquetá venceu a mesma INTZ na final da edição brasileira Aorus League 2021 Season 2. Na ocasião, a Paquetá derrotou os Intrépidos por 2-0 com vitória em Dust 2, mesmo mapa que a equipe voltou a vencer ontem.

O jogador da Paquetá relembrou o jogo e disse que sua equipe não mudou seu jogo desde o último confronto entre as equipes. Além disso, nython revelou o estudo da Paquetá para o jogo decisivo desta quarta-feira (23).

“Foi a mesma coisa [do jogo na Aorus League], nós jogamos do mesmo jeito. Vimos alguns jogos deles [INTZ], e o tge é muito bom com isso: sempre passa o que o adversário vai fazer”, disse.

cbcs

Ainda durante sua fala, nython afirmou que a Paquetá não estava esperando pela escolha de Dust 2, justamente o mapa da final da Aorus League. Mesmo com o pick de Ancient, o jogador disse que a equipe estava pronta para jogar o icônico mapa do Counter-Strike.

“Achamos que a INTZ ia escolher Ancient porque no outro confronto na Dust 2 eles perderam de 16-5. Mas também é confiante na Dust 2, é um dos nossos melhores mapas. Temos um map pool muito forte, estamos muito tempo treinando juntos, então estamos confiantes em qualquer mapa”, concluiu nython.



Treinador da Havan Liberty, sidde citou uma equipe desligada durante o início da Inferno

Após a classificação, sidde, treinador da Havan Liberty, também conversou com os casters sobre a partida que sua equipe acabará de vencer. De virada, a Havan Liberty venceu por 2-1 e garantiu a vaga na semifinal após alguns sustos, principalmente em Inferno.

O técnico levantou essa questão e, segundo sua fala na transmissão, sua equipe ficou surpresa pela escolha de Inferno por parte da KG. “Para ser sincero, a KG nos surpreendeu com o veto porque mudaram o ‘insta ban’ deles para essa partida: eles decidiram vetar Overpass e não a Inferno como eles vinham fazendo”, disse sidde.

cbcs

O treinador também revelou que, por conta dessa surpresa, a equipe “entrou desligada” no mapa. No lado Terrorista, a Havan Liberty não conseguiu desempenhar um bom Counter-Strike e acabou anulada pelo adversário. A mudança de lados fez bem para a equipe, que conquistou a virada para levar a série para o terceiro mapa e conseguir a classificação.

“A gente entrou desligado por não ter um plano de jogo e a gente também sentiu a falta do ritmo de jogo no mapa. Imagina: a gente conversou sobre Overpass o dia inteiro e no final tivemos que jogar a Inferno, ainda mais que começamos a jogar no lado Terrorista. Muitas vezes na Inferno, o CT consegue impor o ritmo, que foi o que a KG fez. A questão é que fomos surpreendidos na escolha do mapa, embora seja um excelente mapa nosso, a cabeça do time estava condicionada para a Overpass”.

Fique ligado no esports.gg para mais notícias sobre esports e CS:GO.

Bruno Martins -

Bruno Martins

| Twitter: @yo_brunoM

Jornalista. Na cobertura de esports desde 2018 e especializado em jogos de FPS como CS:GO e Rainbow Six.