O cenário brasileiro de CS:GO foi tomado de surpresa neste final de semana com a Bravos Gaming se consagrando a campeã da CBCS Elite League 2 ao vencer a Sharks por 2×1 na grande final. O torneio foi o segundo RMR da região da América do Sul, que garante uma vaga ao Major deste ano. […]

O cenário brasileiro de CS:GO foi tomado de surpresa neste final de semana com a Bravos Gaming se consagrando a campeã da CBCS Elite League 2 ao vencer a Sharks por 2×1 na grande final. O torneio foi o segundo RMR da região da América do Sul, que garante uma vaga ao Major deste ano.

Azarona na final, a Bravos ignorou o favoritismo do outro lado para carimbar o caneco e se colocar viva na luta pela vaga do Major, ao levar pra casa, além da premiação de US$ 7550, 2000 pontos RMR, que colocam a equipe em terceiro no ranking, com 3040 pontos totais, 290 pontos atrás da MIBR, a primeira colocada.

A Sharks chegou como favorita à final após eliminar a MIBR, com direito a um estonteante 16×1 em um dos mapas da MD3, que acabou por 2×1. Além disso, a Sharks também realizou bootcamps na Europa durante o ano de 2021, o que, para a torcida, reflete em uma evolução do time. Esse fato inclusive foi um dos motivadores para o desabafo do IGL da Bravos, Adriano “WOOD7” Cerato, em sua página no Twitter.

Confira a classificação do RMR do cenário Sulamericano após o final da CBCS Elite League 2:

  1. MIBR – 3430 pontos
  2. Sharks Esports – 3375 pontos
  3. Bravos gaming – 3040 pontos
  4. Paquetá Gaming – 3025 pontos
  5. Havan Liberty – 840 pontos
  6. INTZ – 630 pontos
bravos

Fique ligado em esports.gg para as últimas notícias e atualizações de CS:GO.

Filed Under